Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/16335
Título: Desigualdades na diabetes mellitus e hipertensão arterial: um estudo ao nível de freguesia
Autor: Leão, Teresa
Orientador: Perelman, Julian
Palavras-chave: Diabetes mellitus
Hipertensão arterial
Desigualdades socioeconómicas
Região Norte
Portugal
SIARS
Diabetes mellitus
Hypertension
Socioeconomical inequalities
Northern region
Portugal
Health administrative database
Data de Defesa: 2015
Resumo: RESUMO - Introdução: A diabetes mellitus e a hipertensão arterial são problemas de saúde de elevada prevalência em Portugal. A sua distribuição geográfica e social é pouco conhecida, comprometendo o desenho e implementação de políticas de saúde. Assim, este estudo teve como objetivo avaliar a existência das desigualdades socioeconómicas na prevalência de diabetes mellitus tipo 2 e de hipertensão arterial, na população residente na região Norte de Portugal, no ano de 2013. Métodos: Foi realizado um estudo ecológico que analisou as 2028 freguesias da região Norte. Os dados foram obtidos através do Sistema de Informação das Administrações Regionais de Saúde e do Censos 2011. A associação entre os indicadores socioeconómicos e a prevalência destas doenças foi medida através da diferença de prevalências, do risco atribuível populacional, do índice relativo de desigualdades e pelo coeficiente de regressão. Resultados: A prevalência de diabetes mellitus tipo 2 e hipertensão arterial foi de 6,16% e 19,35%, respetivamente, e apresentou uma distribuição heterogénea entre freguesias (variando entre 0%-23,7% para a diabetes e 2,8%-66,7% para a hipertensão). A prevalência de ambas as doenças estava significativamente associada com o baixo nível educacional, baixa atividade em sector terciário, desemprego e baixo rendimento (com diferença de prevalências entre decis opostos de até 1,3% na diabetes e até 5,3% na hipertensão). Os determinantes socioeconómicos foram responsáveis até 20% da prevalência destas doenças na população. Conclusão: Estes resultados demonstram a existência de uma distribuição socioeconómica e geográfica heterogéneas e a necessidade de criação de políticas de saúde que atuem nas freguesias menos favorecidas.
ABSTRACT - Background: Diabetes and hypertension are highly prevalent conditions in Portugal. Little is known about the geographical and social patterning of these diseases, which precludes the design of targeted health policies. This study aimed to measure the geographical and socioeconomic distribution of type 2 diabetes and hypertension prevalence in the population resident in the Northern region of Portugal, for the year 2013. Methods: An ecological correlation study analyzed the 2028 parishes of the region. Prevalence data were obtained from the Regional Health Administration information system. Socioeconomic data were also obtained from this administrative database and from the 2011 national census. The association between each socioeconomic indicator and age-standardized prevalence was measured using the difference in prevalence, attributable population risk, relative inequality index, and regression coefficient. Results: The prevalence of type 2 diabetes and hypertension was 6,16% and 19,35%, respectively. Both diseases had an heterogeneous geographical distribution, varying across parishes between 0-23,7% for type 2 diabetes and 2,8-66,7% for hypertension. The prevalence of type 2 diabetes was significantly associated with low educational level, low tertiary sector weight, unemployment, and low income rate (with prevalence differences between the most and least advantaged deciles up to 1,3%). Hypertension was associated with low educational level, low tertiary sector weight, unemployment, and low-income (with prevalence differences up to 5,3%). The socioeconomic factors accounted for up to 20% of prevalence. Conclusions: These results emphasize the socioeconomic and geographical patterning of major diseases associated with a high mortality, and the need of health policies targeting the most deprived parishes.
URI: http://hdl.handle.net/10362/16335
Designação: Curso de Mestrado em Saúde Pública
Aparece nas colecções:ENSP: PPS - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RUN - Dissertação de Mestrado - Teresa Leao.pdf2,59 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.