Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/16255
Título: Desenvolvimento de Competências Musicais no 2.º Ciclo do Ensino Básico: Práticas Pedagógicas
Autor: Figueiredo, Isabel Maria Lopes
Palavras-chave: Competências musicais
Práticas pedagógicas
Interpretação
Audição
composição
Teoria
Experiências de aprendizagem,
Contingência
Profissionalidade
Musical skills
Pedagogical practices
Interpretation
Listening
Composition
Theory
Learning experiences
Contingency
Professionalism
Data de Defesa: Out-2015
Resumo: A disciplina de Educação Musical está presente no currículo do ensino básico nacional há quarenta e cinco anos, no entanto a informação sobre as práticas musicais nessas aulas é escassa. A presente tese tem por objecto de estudo as práticas dos professores de Educação Musical no 2.º ciclo do ensino básico e pretende perceber o que efectivamente se ensina nessas aulas. Participaram 411 alunos e 15 professores, ao longo de duas fases do estudo: uma fase exploratória, constituída por entrevistas qualitativas a uma pequena amostra (4 professores e 10 alunos) e uma segunda fase, dividida em duas etapas de recolha e análise de dados – questionário a alunos e professores (construído com base nos resultados do estudo exploratório), seguido de entrevistas focalizadas aos professores (participaram, nesta fase, 401 alunos e 11 professores de 9 escolas do 2º ciclo do ensino básico). Trata-se de um estudo misto (qualitativo e quantitativo). O questionário teve como objectivo averiguar as percepções dos alunos e dos professores relativamente às práticas pedagógicas desenvolvidas na aula de Educação Musical. Seguiram-se as entrevistas focalizadas aos professores, que tiveram o intuito de os confrontar com as suas respostas e com as dos seus alunos e ampliar a compreensão das mesmas. Os resultados mostraram que os professores realizam maioritariamente actividades no âmbito das áreas de interpretação, teoria e audição musical. Por outro lado, concretizam poucas experiências de aprendizagem e, ainda menos, actividades de composição musical. Constata-se que as contingências circundantes influenciam as práticas lectivas na disciplina de Educação Musical. A profissionalidade docente é uma construção indissociável das práticas dos professores. Discutem-se os resultados e suas implicações para intervenções pedagógicas no âmbito da Educação Musical, numa lógica de reflexão/investigação/acção sobre a prática.
URI: http://hdl.handle.net/10362/16255
Designação: Tese apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Doutor em Ciências da Educação
Aparece nas colecções:FCSH: DCE - Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TeseDout_Isabel_Figueiredo_2015_DesenvCompetMusicais_2ºCEB_PráticasPedagógicas.pdf2,4 MBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo I.pdf993,73 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo II.pdf1,54 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.