Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/12581
Título: Évora romana: O legado edificado e a memória antiga
Autor: Patrocínio, Manuel F.S.
Palavras-chave: Monumentalidade
Urbanismo
Antiguidade
Fontes
Paisagem
Data: 2007
Editora: Edições Colibri / Instituto de História da Arte - Faculdade de Ciências Sociais e Humanas/UNL
Resumo: A fundação romana determinou o perfil urbano de Évora, ainda que, do conjunto de vestígios antigos assinaláveis, os mesmos se reportem a exemplos dispersos pelo núcleo urbano, destacando-se o Templo, os restos do sistema de muralhas, uma domus do séc. I e as Termas, além de algumas peças escultóricas recolhidas recentemente. No entanto, a principal herança antiga é de carácter estético e visual, subsistindo na própria configuração das ruas, bem como na distribuição de zonas e linhas dinâmicas de expansão, que vieram particularizar o aspecto físico do crescimento histórico da cidade, reflectindo-se, até, no modo como as muralhas do séc. XVII, prolongaram e reproduziram o desenho circundante da primeira fortificação conhecida de Évora. É neste sentido que os vestígios monumentais, testemunho do passado, se tornam igualmente sinal de memória, quanto a um gesto criativo inicial que moldou a intervenção no espaço.
Descrição: Revista do IHA, N.4 (2007), pp.118-141
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10362/12581
ISSN: 1646-1762
Aparece nas colecções:Revista do IHA Nº 4 (2007)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ART_4_Patrocinio.pdf1,15 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.