Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/12202
Título: Valorização de resíduos de embalagens de plástico de origem agrícola por pirólise
Autor: Santos, Diogo Coelho Dias Faria
Orientador: Lapa, Nuno
Martinho, Maria da Graça
Palavras-chave: Resíduos de plástico
Embalagens de produtos fitofarmacêuticos
Embalagens de adubos e corretivos agrícolas
Pirólise
Reciclagem mecânica
Data de Defesa: 2014
Editora: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Resumo: A procura de soluções adequadas para o destino final dos resíduos de embalagens de plástico constitui um desafio para os sistemas integrados de gestão de resíduos. As práticas de gestão devem ser baseadas na valorização dos resíduos, através de tecnologias de tratamento eficazes e economicamente viáveis. A adoção de padrões mais sustentáveis na gestão dos resíduos, nomeadamente a reci-clagem, contribui para a minimização dos impactes ambientais e para a melhoria no uso efi-ciente dos recursos. Atualmente, os resíduos de plástico de embalagens do fluxo agrícola, englobadas no âmbito do sistema VALORFITO, são tratados por reciclagem mecânica. Contu-do, este tipo de tratamento dos resíduos promove a exportação dos produtos reciclados para a indústria transformadora dos países asiáticos, dadas as condições de mercado e a utilização limitada do material plástico reciclado, devido à toxicidade presente nos resíduos de embala-gens primárias de produtos fitofarmacêuticos. Foi proposta a pirólise como solução técnica alternativa à situação de referência de reciclagem, assumindo o alargamento do âmbito de res-ponsabilidade do VALORFITO à fileira de embalagens de adubos e corretivos agrícolas. O estudo da viabilidade da decomposição térmica da mistura de polímeros constituintes das embalagens estudadas (Polietileno e Polipropileno) teve por base a revisão da literatura e os dados experimentais sobre o processo de pirólise aplicado aos plásticos. Foram escolhidas as condições operacionais mais favoráveis, tendo em conta o compromisso entre a maximiza-ção do rendimento dos hidrocarbonetos líquidos, com valor para a indústria petroquímica, e a produção de compostos gasosos suficientes para garantir que o processo é energeticamente autossuficiente. Sabendo que a unidade de pirólise proposta permite tratar uma quantidade máxima de 200 kg.h-1 de resíduos de plástico, é necessário assegurar uma taxa de utilização da capacidade de tratamento do reator superior a 77% para que o processo seja rentável. Face aos resultados obtidos neste estudo, a tecnologia de reciclagem terciária apresenta um elevado potencial para a valorização dos resíduos de plástico das embalagens primárias do fluxo agrícola, favorecendo a prestação de um serviço mais integrado aos agricultores.
Descrição: Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia do Ambiente, Perfil de Engenharia de Sistemas Ambientais
URI: http://hdl.handle.net/10362/12202
Aparece nas colecções:FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Santos_2014.pdf1,83 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.