Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/12188
Título: Estudo da aplicação de osmose inversa ao tratamento de efluentes líquidos de um complexo fabril de adubos azotados
Autor: Rosa, Ricardo Jorge Gonçalves
Orientador: Farrusco, Francisco
Dias, Alexandre
Crespo, João
Palavras-chave: Concentração do efluente
Nitrato de cálcio
Fluxo de permeado
Percentagem de azoto
Recirculação total
Remoção de cloretos
Data de Defesa: 2014
Editora: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Resumo: Neste trabalho procedeu-se à recuperação de um efluente de lavagem importante da unidade produtora de nitrato de cálcio da ADP-Fertilizantes, utilizando como processo de separação a osmose inversa numa primeira parte para concentrar o efluente e na segunda parte para purificar a água utilizada durante a geração do efluente. Para simular o efluente, preparou-se uma solução de nitrato de cálcio e realizaram-se dois ensaios de recirculação total. Um foi realizado à água utilizada na preparação da solução e outro à solução, e verificou-se para os dois ensaios que durante o tempo de operação, o fluxo de permeado e a pressão de operação mantiveram-se constantes, indicando estabilidade do sistema e uma boa seletividade da membrana. Efetuou-se o estudo do processo de osmose inversa para concentrar a solução de nitrato de cálcio realizando-se um ensaio em modo de concentração. Durante o tempo de operação o fluxo de permeado foi diminuindo linearmente ao longo do tempo e obteve-se um fator de concentração de 2,14 e uma percentagem de azoto final experimental de 2,28%. A concentração da solução ficou limitada pela pressão osmótica elevada. Realizou-se um segundo estudo de recirculação total para três tipos de água presentes na unidade fabril. O fluxo específico de permeado manteve-se constante para a água do furo JK-1 e água da rede de incêndios, enquanto a água de 2º circuito apresentou uma ligeira diminuição do fluxo ao longo do ensaio, indicando uma possível perturbação da membrana. Relativamente à remoção de cloretos obteve-se uma rejeição global aparente de 99% para a água da rede de incêndios e 2º circuito, e uma rejeição global aparente de 93% para a água de furos.
Descrição: Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia Química e Bioquímica
URI: http://hdl.handle.net/10362/12188
Aparece nas colecções:FCT: DQ - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Rosa_2014.pdf2,29 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.