Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/11523
Título: Optimização do processo de devolução de medicamentos fora do prazo de validade
Autor: Silva, Daniel Gomes da
Orientador: Mateus, Céu
Palavras-chave: Medicamento
Devoluções
Logística
Inversa
Centralizada
Custos
Drugs
Returns
Logistics
Reverse
Centralized
Costs
Data de Defesa: 2013
Editora: Escola Nacional de Saúde Pública. Universidade Nova de Lisboa
Resumo: RESUMO - Durante todo o seu ciclo de vida, o medicamento está sujeito a padrões de qualidade, segurança e eficácia, alicerçados numa atuação conjunta dos responsáveis pela sua colocação no mercado, das autoridades competentes nacionais e comunitárias. Os diferentes intervenientes estão sujeitos a um conjunto de obrigações e procedimentos que englobam também a sua fase final de retirada do mercado, devolução, recolha e valorização ou reciclagem. Neste trabalho é caracterizada a cadeia de distribuição do medicamento assim como o seu fluxo físico no sentido inverso, ou seja, o processo de devolução e de tratamento ambientalmente adequado para os resíduos de medicamentos. A maioria da literatura a respeito das devoluções de medicamentos enfatiza a vertente ecológica do sistema de logística inversa. Neste trabalho, as questões ambientais são discutidas , mas o objectivo primário focaliza questões económicas relacionadas com o processo de devoluções. São apresentadas as possíveis vantagens teóricas da criação de um sistema centralizado de gestão de devoluções, por oposição ao atual sistema de circuitos dispersos. Com a aplicação de um inquérito a armazenistas com larga responsabilidade no processo de devoluções, pretendeu-se avaliar os custos inerentes ao atual modelo. Os resultados obtidos indicam que existe margem potencial para reduzir custos neste processo, para a grande maioria dos armazenistas. Na área específica dos medicamentos fora de prazo de validade, o crescente desenvolvimento e aperfeiçoamento dos processos de devolução poderá direcionar-se no sentido da criação de centrais de devolução centralizadas.
ABSTRACT - Throughout its life cycle, medical drugs are subject to standards of quality, safety and efficacy, achieved by the joint performance of those responsible for their placement on the market and by the national and community authorities. The different parties are subject to a number of obligations and procedures that include also the final stage of their withdrawal from the market, their return, collection and recycling. In this study we characterize the drugs supply chain as well as its physical flow in the reverse direction, ie, the process of return and environmentally appropriate treatment for pharmacological residues. Most of the literature on the returns of drugs emphasizes the “green” or environmental aspects of reverse logistics. In this study, the environmental issues are discussed, but the primary focus is on economic issues relating to reverse logistics. Possible theoretical advantages of creating a centralized returns centre are presented, as opposed to the current multiple and dispersed circuits. The costs of the current model were evaluated with the application of a survey to a group of wholesalers with extensive responsibility in the process of returns. The results indicate that there is still some space to reduce potential costs in this process, at least for the vast majority of wholesalers. In the specific area of drugs out of expiry date, the increasing development and improvement of the return processes can be conducted towards the creation of centralized return centres.
URI: http://hdl.handle.net/10362/11523
Aparece nas colecções:ENSP: GOSS - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RUN - Dissertação de Mestrado - Daniel Silva.pdf2,38 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.