Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/10748
Título: Satisfação profissional dos dietistas nos hospitais do Serviço Nacional de Saúde : um primeiro estudo empírico
Autor: Escalda, Vitor Manuel Martins
Orientador: Henriques, Luís Manuel da Graça
Palavras-chave: Satisfação profissional
Dietista
Hospitais públicos
Job satisfaction
Dietitian
Public hospitals
Data de Defesa: 2013
Editora: Escola Nacional de Saúde Pública. Universidade Nova de Lisboa
Resumo: RESUMO - A satisfação no trabalho é entendida como um conjunto de sentimentos ou respostas afetivas relacionados com aspetos particulares do trabalho. Os autores não são unânimes na sua definição concetual. Neste estudo pretende-se compreender a satisfação profissional dos dietistas a exercer nos hospitais públicos em Portugal continental. A satisfação profissional foi avaliada através de um questionário (adaptado de Graça,1999) dividido em três partes. Foi aplicada uma escala de intervalos, na Discrepância entre as Expetativas (E) e Resultados (R), constituída por 8 dimensões e 44 itens. Mediu-se igualmente a importância motivacional que os dietistas atribuíram a cada uma das 8 dimensões, e foi feita a sua caraterização sociodemográfica da população estudada. De uma população inicial constituída por 42 elementos, contactada por email para responder ao questionário “on line”, tivemos 34 respondentes. Quatro respostas, por incompletas, não foram consideradas no tratamento. No final, temos uma amostra de conveniência constituída por 30 dietistas, todos eles a trabalhar atualmente em hospitais do SNS. A taxa de resposta válida é, pois, de 71,4%. Trata-se de um estudo descritivo, observacional e tipo transversal. A análise de dados baseou-se na estatística descritiva e analítica. O score médio global (2,59), indicador da discrepância E-R, permite classificar a amostra como estando “bastante satisfeita” em relação ao seu trabalho e à sua profissão. Em relação à ordenação das dimensões segundo a importância motivacional, a Realização pessoal e profissional & desempenho organizacional (1º) (2,57), é aquela que os inquiridos consideraram a mais importante, seguida da Relação profissional/utente (2º) (3,78) e finalmente a Autonomia & poder (3º) (3,96). Os melhores scores médios de cada dimensão são a Relação profissional/utente (1º) (1,36), seguida do Status e prestigio (2º) (1,51) e por último as Relações de trabalho e suporte social (3º) (2,39). Em conclusão, em relação à ordenação das dimensões segundo a importância motivacional, a Realização pessoal e profissional e desempenho organizacional foi considerada pelos dietistas a mais importante e a dimensão menos importante foi a do Status e prestígio. A Relação profissional/utente foi a dimensão com melhor score médio, ou seja, é a dimensão onde os dietistas se encontram mais satisfeitos, e a remuneração foi a dimensão onde a população se encontra menos satisfeita. A satisfação profissional dos dietistas que trabalham em hospitais públicos pode contribuir para melhorar a prestação de cuidados de saúde à população. Recomendamos por isso, mais investigação que aborde aquela temática, tornando mais visível a importância do dietista no contexto da saúde em Portugal.
ABSTRACT - Job satisfaction is defined by a group of feelings or affective answers related with particular aspects in the job. Authors are not unanimous in accepting the definition of job satisfaction. In this research study we intend to understand the professional satisfaction of dietitians working in public hospitals in Portugal. Job satisfaction was evaluated through a survey (adapted by Graça,1999) which has been divided in three parts A interval scale, constituted by 8 dimensions and 44 items, was applied in the discrepancy between expectations (E) and results (R). It has been measured the motivational importance that dietitian`s had assigned to each of the 8 dimensions and also has permitted to check the social demographic characteristics of the target population. The initial target population was constituted by 42 people, contacted by email in order to answer the survey “on line” he had 34 respondents. 4 answers were incompleted and not considered to be treated. In the end 30 dietitians, working in Public Hospitals, were selected. The validates answer tax obtained was about 71,4%. This is an descriptive, observational and cross sectional study. The collected data analysis was based on the descriptive and analytical statistics. The global mean score (2,59), indicator of discrepancy E-R, allowed to classify this sample as “quite satisfied” in relationship to their job and work. Regarding the dimensions position and according to the motivational importance, personal and professional accomplishment (1º) (2,57) it was most important followed by professional/user relationships (2º) (3,78) and finally autonomy and power (3º) (3,96). The better mean scores of each dimension were the professional/user relationships (1º) (1,36), Followed by status and prestige (2º) (1,51) and finally social support relationships (3º) (2,39). To sum up the most important dimension to dietitians was the Personal and professional accomplishment and the less important was status and prestige. The better mean score dimension was the Professional/user relationship and Remuneration was the worst one. Dietitians job satisfaction who work in public hospitals may contribute to improve health care to population. Therefore more investigation is needed in order to study this issue which would permit a more visible paper of the dietitian in Portuguese health system.
URI: http://hdl.handle.net/10362/10748
Aparece nas colecções:ENSP: PPS - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RUN - Dissertação de Mestrado - Vítor Escalda.pdf1,15 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.