Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/10065
Título: Fatores explicativos dos resultados obtidos na medida de independência funcional aplicada a doentes com lesão neurológica
Autor: Branco, Regina Maria de Magalhães Antunes dos Santos
Orientador: Sousa, Joana
Palavras-chave: Lesão Neurológica
Reabilitação
Avaliação Funcional
Medida de Independência Funcional (MIF)
Neurologic lesion
Rehabilitation
Functional Assessment
Functional Independence Measure
Data de Defesa: 2012
Editora: Universidade Nova de Lisboa. Escola Nacional de Saúde Pública
Resumo: RESUMO - A medicina baseada na evidência e as iniciativas para melhorar a qualidade dos cuidados de saúde, têm aumentado bem como o reconhecimento da necessidade de medir os resultados funcionais em todos os cuidados de saúde. A reabilitação tem dado grande importância à necessidade de existência de instrumentos clínicos sensíveis aos resultados funcionais e, tem procurado instrumentos que possam ser usados em ambientes clínicos. A doença cérebro-vascular não é uma entidade patológica ou clínica única, podendo apresentar-se segundo quadros clínicos distintos. É uma ameaça à qualidade de vida não só pela sua elevada incidência e mortalidade, mas também pela alta morbilidade. Considerando estas premissas, pretendeu-se estudar a influência das características individuais, demográficas e de prognóstico neurológico dos doentes em reabilitação nas avaliações de funcionalidade. Utilizou-se a base de dados do Centro de Medicina de Reabilitação de Alcoitão, com todos os episódios de internamento de adultos (2647) que ocorreram entre 2006 e 2011, avaliados com a Medida de Independência Funcional (MIF). Este estudo revela que as variáveis com maior impacto na MIF, quer ao nível do score motor quer no score cognitivo são: a idade, o tempo de evolução e o tempo de internamento. A MIF não apresenta grandes variações entre grupos de diagnóstico no score motor mas releva valores estatisticamente significativos, no que diz respeito a esta variável, ao nível do score cognitivo. Os resultados deste estudo suportam ainda a validade da escala de avaliação e sugerem que esta fornece informações fundamentais para um bom programa de reabilitação.
ABSTRACT - Evidence-based medicine and initiatives to improve health care quality have been rising as well as the recognition of the need to measure the functional results in all health cares. Rehabilitation attaches great importance to the necessity of existing clinical tools that are sensitive to functional results and looks for tools that can be used in critical clinical environments. The nature of cerebrovascular disease resulting in a multitude of clinical pictures causes a great menace to the patient's quality of life due to his high incidence, mortality and morbidity. Taking into account these premises, this study considered the influence of the individual, demographic and neurologic prognosis characteristics of the patients under rehabilitation on the functionality assessments. The study focused on the Centro de Medicina e Reabilitação de Alcoitão’s interned patient’s database (2647) that was assessed by the Functional Independence Measure (FIM), from 2006 until 2011. This study revealed that the variables that had more impact on FIM, whether at the motor or cognitive score levels are: age, evolution and internment timings. The FIM does not show relevant variations among diagnosis groups in the score motor level but reveals significant statistical values at the cognitive score level. The result of this study also supports the validity of the assessment evaluation scale and suggests that this scale provides fundamental information for a good rehabilitation program.
URI: http://hdl.handle.net/10362/10065
Aparece nas colecções:ENSP: GOSS - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RUN - Dissertação de Mestrado - Regina Branco.pdf2,56 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.