DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) >
FCSH Departamentos >
FCSH: Departamento de Ciências da Educação >
FCSH: DCE - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/8344

Título: A mulher imigrante brasileira no contexto educacional português: limites e possibilidades
Autor: Neves, Rosane H. Bronzo V.
Palavras-chave: Imigração
Mulher
Educação
Issue Date: Mar-2012
Editora: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Resumo: O objectivo deste estudo foi conhecer e analisar qual a importância que as mulheres imigrantes brasileiras residentes em Portugal atribuem à educação e acerca de sua inserção no contexto educacional português. O interesse por este tema responde à nossa vivência como estudantes imigrantes, à curiosidade em desvendar o universo da imigração passando pelas aspirações e pelos valores que cada pessoa traz consigo, assim como seus pensamentos e expectativas. Desejamos que esta investigação possa contribuir para que os olhares da educação portuguesa não restrinjam-se apenas aos filhos dos imigrantes, mas que envolvam também os pais, mais especificamente as mulheres, que ambicionam compartilhar e integrar-se na cultura de outro país. A investigação foi dividida em duas partes: a fundamentação teórica e o estudo empírico. A primeira parte da investigação esteve alicerçada num referencial bibliográfico voltado para os assuntos relacionados aos temas: mulher, imigração e educação. A segunda parte teve como foco uma metodologia fundamentada na abordagem qualitativa, mediante entrevistas semi-estruturadas com doze mulheres imigrantes brasileiras. Os critérios de amostra foram: estar morando em Portugal há no mínimo quatro anos e ter idade compreendida entre 20 e 49 anos. Como resultados, identificamos que o nível de escolaridade das mulheres ainda é baixo e aquelas que têm nível superior ainda não conseguiram dar continuidade aos estudos nem inserirem-se na nova comunidade. Para tanto essas mulheres demonstraram acreditar e apostar, apesar das dificuldades serem maiores que as possibilidades, que ter estudo ainda é um indicador de evolução, de status que possibilita o ser humano a tomar decisões certas e a trilhar novos caminhos com maior consciência e responsabilidade.
Descrição: Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10362/8344
Appears in Collections:FCSH: DCE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertaç...pdf1,18 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia