DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente >
FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/8289

Title: Caracterização do estado trófico de Albufeiras do Norte Alentejano
Authors: Ascenso, Rita Coelho
Advisor: Santos, Maria da Conceição
Keywords: Eutrofização
Poluição difusa
Cargas de azoto e fósforo
Albufeira da Apartadura
Albufeira de Póvoa e Meadas
Issue Date: 2012
Publisher: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Abstract: A eutrofização é um dos principais problemas que afectam a qualidade das águas superficiais, em Portugal e em particular no Norte Alentejano, contribuindo para a degradação dos ecossistemas aquáticos, chegando em muitos casos a condicionar a utilização da água para consumo humano, bem como actividades recreativas praticadas nas albufeiras. Neste estudo procedeu-se à avaliação do estado trófico e à estimativa das cargas de nutrientes afluentes às duas albufeiras do Norte Alentejano - Apartadura e Póvoa e Meadas - que apesar de relativamente próximas apresentam características distintas. A afluência de nutrientes (azoto e fósforo) à massa de água é potenciada pelas actividades humanas existentes na bacia hidrográfica, sendo as populações urbanas e as actividades agro-pecuárias as principais fontes de poluição pontual das duas albufeiras em estudo. A actividade agrícola é considerada a principal fonte difusa de nutrientes, no entanto as actividades agro-pecuárias realizadas em regime extensivo, e o deficiente tratamento dos efluentes urbanos e industriais afluentes às duas albufeiras, contribuem para este tipo de poluição. Apesar dos estudos sobre poluição difusa serem ainda reduzidos em Portugal, a sua importância no controlo da qualidade das massas de águas é fundamental, pelo que neste estudo se procedeu à sua determinação através do Método das Taxas de Exportação, atribuindo um coeficiente de exportação a cada classe do uso do solo. As cargas de nutrientes de origem pontual que se estimaram afluir às albufeiras, bem como o método utilizado para a determinação das cargas de origem difusa, são válidos para para a albufeira de Póvoa e Meadas, no período analisado, mas não para a albufeira da Apartadura. O Método das Taxas de Exportação pode ser aplicado a outras albufeiras do Norte-Alentejano, mas revelou-se mais adequado a albufeiras que apresentam elevada carga afluente de nutrientes, isto é, grande volume de actividades urbanas, industriais e agro-pecuárias na bacia hidrográfica.
Description: Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia do Ambiente – Ramo Engenharia Sanitária
URI: http://hdl.handle.net/10362/8289
Appears in Collections:FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Ascenso_2012.pdf1.5 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE