DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Física >
FCT: DF - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/8211

Title: Repercussão do uso de suportes ventilatórios na sensibilidade das células ciliadas do recém-nascido
Authors: Mello, Carolina Madureira Rodrigues Rocha de Sá e
Advisor: Dias, Carlos
Neto, Maria Teresa
Monteiro, Luisa
Keywords: Cuidados intensivos neonatais
Ventilação assistida
CPAP nasal
Células ciliadas cocleares
Sensibilidade auditiva
Issue Date: 2012
Publisher: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Abstract: Introdução: Os recém-nascidos (RN) admitidos em unidades de cuidados intensivos (UCIN) estão expostos a níveis de ruído superiores aos recomendados, dependentes de múltiplos fatores nomeadamente tipo de ventilação. Esta exposição pode ter eventual repercussão na acuidade auditiva. A perda da audição causa graves problemas no desenvolvimento cognitivo pelo que é importante determinar e reduzir as suas causas. Objetivo: Avaliar o ruído a que é submetido um RN com suporte ventilatório e determinar se existe relação entre o tipo de ventilação e alterações no funcionamento das células ciliadas cocleares. Local do estudo: UCIN do Hospital Dona Estefânia. Tipo de Estudo: Estudo de casos. Métodos e Doentes: Utilizou-se o sonómetro modelo 2260 Investigator da Brüel and Kjær para medir níveis de ruído na UCIN e o equipamento Abaer and OEA Hearing Screening System da Bio-logic para avaliar a função coclear dos RN. Realizaram-se medições de ruído ambiental e em incubadoras nas seguintes condições: vazia, com RN sem suporte ventilatório, com RN em dois tipos de suporte ventilatório: invasivo e CPAP nasal (Continuous Positive Airway Pressure). Todas as medições foram efectuadas por períodos de 24 horas. Para determinar possíveis alterações do funcionamento das células ciliadas cocleares todos os RN foram submetidos diariamente a exames de rastreio de otoemissões acústicas durante o período de internamento. Quando possível acrescentaram-se os resultados do rastreio auditivo realizado em ambulatório. Realizaram-se pontualmente exames de potenciais evocados auditivos para detectar possíveis falsos positivos. Resultados: Foram estudados 8 RN. O CPAP apresentou níveis constantes de ruído de cerca de 64dB e a ventilação mecânica invasiva na ordem dos 56dB. Parece haver uma tendência de pior função auditiva por parte dos recém-nascidos ventilados. Não foi demonstrada relação direta entre o uso se suporte ventilatório e alterações no funcionamento das células ciliadas cocleares. Conclusão: Parece haver uma tendência de pior resposta auditiva por parte dos RN ventilados que deverá ser confirmada em estudo envolvendo maior número de doentes.
Description: Dissertação para obtenção do grau de mestre em Engenharia Biomédica
URI: http://hdl.handle.net/10362/8211
Appears in Collections:FCT: DF - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Mello_2012.pdf5.26 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE