DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) >
Revista da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas >
Revista da FCSH - 2003 >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/7997

Título: O Homo Habilis na história trágico-maritíma as metamorfoses do engenho
Autor: Moniz, António Manuel de Andrade
Issue Date: 2003
Editora: Colibri
Resumo: Confrontado com perigos, suspeitados e insuspeitados, dotado de recursos científicos e tecnológicos ainda incipientes, comparados com os séculos vindouros, o homem quinhentista oscila entre o gigantismo ousado das grandes realizações oceânicas e o primitivismo nômada da pré-história. Repartido entre a função emotiva e poética, de caracter elegíaco, e a função referencial da linguagem, o discurso veiculado na História Trágico-Marítima enfatiza de modo recorrente e exaustivo o conflito dramático do homo viator na luta pela sobrevivência. Num apelo constante à piedade alheia, o texto trágico realiza intencionalmente uma cátharsis, ou processo de purificação do leitor/ espectador, a partir da comunhão vivencial com a dor das personagens intervenientes. Nesta partilha espiritual de experiências e dificuldades, emoções e sentimentos, põe-se em funcionamento um mecanismo dialéctico implícito, comum a toda a actividade humana mas aqui naturalmente mais saliente, devido aos condicionalismos específicos da situação expansionista, que é constituído pelos binômios instinto versus razão e natura versus cultura. Esta tensão, explicitada no domínio das carências básicas, abrange a fome/sede e a alimentação, a nudez e o vestuário, o sono e a vigilância, o repouso e o trabalho.
URI: http://hdl.handle.net/10362/7997
ISSN: 0871-2778
Appears in Collections:Revista da FCSH - 2003

Files in This Item:

File Description SizeFormat
RFCSH15_119_137.pdf18,8 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia