DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Engenharia Mecânica e Industrial >
FCT: DEMI - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/7950

Título: Estudo comparativo de painéis reforçados em liga de alumínio ou em aço de construção naval
Autor: Araújo, Miguel Gouveia Melvill de
Orientador: Cardoso, João
Mateus, António
Palavras-chave: Painéis reforçados
Probabilidade de colapso
Método de Monte Carlo
Método dos elementos finitos
Análise de fiabilidade
Issue Date: 2012
Editora: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Resumo: A presente dissertação foi realizada em conjunto com a Direcção de Navios da Base Naval de Lisboa – Alfeite e tem como objectivo efectuar um estudo comparativo de painéis reforçados em liga de alumínio ou em aço de construção naval, dimensionados para terem uma capacidade de carga idêntica. Analisam-se a resistência estrutural dos painéis sujeitos a esforços de compressão, o que requer a determinação da tensão de colapso recorrendo ao método dos elementos finitos (MEF) e ao programa Ansys, como também os parâmetros que influenciam a opção por cada um destes materiais, o peso e o custo. Utilizando o programa Matlab criou-se um algoritmo capaz de gerar os ficheiros em linguagem APDL contendo a geometria do painel e todos os comandos necessários, exportando-se posteriormente estes dados para o programa Ansys de modo a executar a análise estrutural do painel. Validou-se a metodologia utilizada reproduzindo o estudo de um painel reforçado pertencente ao casco de um navio por Paik (2008) e Ćorak (2008). Recorreu-se ao método de Monte Carlo para obter a distribuição estatística da carga de colapso para os dois tipos de painéis, considerando alguns parâmetros que condicionam a sua resistência como variáveis aleatórias. Efectuou-se posteriormente um estudo de fiabilidade para as placas construídas com os dois tipos de material, considerando a tensão de colapso e a tensão pós-colapso, isto é, após o painel colapsar. Considerou-se que a tensão resistente no regime pós-colapso corresponde ao valor da tensão para uma extensão de 1,5 vezes a extensão de colapso. Com base neste estudo conclui-se que os painéis de alumínio apresentam vantagens significativas quando comparados com os painéis de aço. Contudo, estes últimos apresentam uma reserva de segurança pois não sofrem uma degradação tão significativa da sua capacidade resistente, o que pode ser um factor importante na escolha do projectista.
Descrição: Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia Mecânica
URI: http://hdl.handle.net/10362/7950
Appears in Collections:FCT: DEMI - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Araujo_2012.pdf2,75 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE