DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Ciências Sociais Aplicadas >
FCT: DCSA - Teses de Doutoramento >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/7914

Título: Interacção e conhecimento: um estudo de caso que analisa a história de um projecto
Autor: Ventura, Cláudia Sofia do Carmo
Orientador: César, Margarida
Matos, José
Palavras-chave: Transições
Investigação
Trabalho colaborativo
Apropriação de conhecimentos
Capacidades e competências
Matemática
Issue Date: 2012
Editora: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Resumo: A matemática é frequentemente rejeitada pelos alunos e associada a elevadas taxas de insucesso académico (Abrantes, 1994). Assume um papel essencial nos percursos académicos e profissionais, configurando as trajectórias de participação ao longo da vida (César, submetido). Assumimos uma abordagem histórico-cultural (Vygotsky, 1934/1986), considerando a aprendizagem como situada no tempo e no espaço (César, 2003; Lave & Wenger, 1991). Utilizamos o trabalho colaborativo como mediador e facilitador da participação legítima dos alunos nos processos de aprendizagem (César, 2007), permitindo-lhes expressar voz(es) e atribuir sentidos (Bakhtin, 1929/1981; Hermans, 2001). Este empowerment facilita as transições entre as culturas em que participam (Abreu, Bishop, & Presmeg, 2002; César, 2009a, in press), promovendo o acesso aos artefactos culturais da matemática. Assumindo uma abordagem interpretativa, realizámos um estudo de caso intrínseco (Stake, 1995/2007), sobre o projecto Interacção e Conhecimento (IC). Este projecto teve como principal objectivo estudar e promover as interacções sociais, nomeadamente entre pares, criando cenários de educação formal mais inclusivos (César, 2009a). Os participantes são os 97 investigadores e professores/investigadores da equipa central do IC, dos quais 69 são professores/investigadores que leccionavam a disciplina de Matemática ou disciplinas afins, respectivos alunos, encarregados de educação, avaliadores externos, outros observadores e outros agentes educativos. Os dados foram recolhidos através de recolha documental (corpus empírico do IC) e conversas informais. Procedemos a uma análise de conteúdo sucessiva e aprofundada (Hamido & César, 2009), de índole narrativa (Clandinin & Connelly, 1998). A análise de dados ilumina três tipos de transições: (1) teóricas; (2) metodológicas; e (3) das práticas. Analisamos estes tipos de transições, bem como a forma como elas se inter-relacionam. Procuramos ainda, através de um par paradigmático do projecto IC, ilustrar o modo como estas transições configuram – e são configuradas – pela forma como a equipa do IC interpreta os dados recolhidos, iluminando algumas evidências empíricas.
Descrição: Dissertação para obtenção do Grau de Doutor em Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10362/7914
Appears in Collections:FCT: DCSA - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Ventura_2012.pdf6,22 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia