DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Ciências da Vida >
FCT: DCV - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/7775

Título: Descrição de duas novas espécies do género Nevskia da classe Gammaproteobacteria
Autor: Leandro, Tânia de Jesus Travassos
Orientador: Costa, Milton
Palavras-chave: Aquífero
Género Nevskia
Espécie
Abordagem polifásica
Issue Date: 2011
Editora: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Resumo: No decurso do estudo da avaliação da diversidade microbiológica de uma água natural mineral proveniente de um aquífero em Portugal, na origem e após engarrafamento, quatro novos isolados foram recuperados. Os isolados formam células Gram negativas em bastonete. As estirpes F2-63T e F2-178 foram isoladas a partir de um furo artesiano e apresentam uma temperatura óptima de 2530 ºC e pH óptimo entre 66,5. As estirpes são aeróbias, não móveis, floculam em meio líquido, são positivas para a presença de catalase e oxidase e assimilam açúcares, ácidos orgânicos, aminoácidos e alcanos. Os ácidos gordos maioritários são Summed feature 8 (C18:17c/C18:16c) e C16:0. Os lípidos polares maioritários são difosfatidilglicerol, fosfatidiletanolamina, fosfatidilglicerol, conjuntamente com três aminolípidos não identificados. As estirpes G6M-30T e G6-54 foram isoladas a partir de água mineral natural engarrafada com 180 e 6 dias de armazenamento, respectivamente, apresentam temperatura óptima de 30 ºC e pH óptimo entre 66,5. As estirpes são aeróbias, têm mobilidade, são positivas para a presença de catalase e oxidase e assimilam açúcares, álcoois, ácidos orgânicos, aminoácidos e alcanos. Os ácidos gordos maioritários são Summed feature 8 (C18:17c/C18:16c) e Summed feature 3 (C16:17c/C16:16c). Os lípidos polares maioritários são difosfatidilglicerol, fosfatidiletanolamina e fosfatidilglicerol. Todas as estipes apresentam ubiquinona 8 como quinona respiratória maioritária. A análise do gene 16S rRNA revelou que agrupam com as espécies do género Nevskia, com as quais têm similaridade de sequência entre 95,295,5 % no caso das estirpes F2-63T/F2-178 e de 96,397,1 % no caso das estirpes G6M-30T/G6-54. Com base na análise da sequência do gene 16S rRNA e caracteristícas fisiológicas e bioquímicas descreveram-se duas novas espécies do género Nevskia. A espécie representada pela estirpe F2-63T para a qual se propõe o nome Nevskia aquatilis e uma segunda espécie representada pela estirpe G6M-30T para qual se propõe o nome Nevskia persephonica.
Descrição: Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Genética Molecular e Biomedicina
URI: http://hdl.handle.net/10362/7775
Appears in Collections:FCT: DCV - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Leandro_ 2011.pdf2,32 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia