DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Engenharia Civil >
FCT: DEC - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/7721

Title: Avaliação do dimensionamento sísmico na robustez de estruturas de madeira
Authors: Mota, Tiago Furtado Piques Martins
Advisor: Neves, Luís
Keywords: Análise probabilística
Dimensionamento sísmico
Estruturas de madeira
Fiabilidade
Método de Monte Carlo
Robustez
Issue Date: 2012
Publisher: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Abstract: Recentes acidentes revelaram a importância da consideração, na fase de dimensionamento, da robustez estrutural, com o objectivo de limitar as consequência que um dano acidental possa provocar (Sørensen, 2010). As estruturas de madeira, embora não muito utilizadas em Portugal, são muito comuns em países do norte da Europa, onde a probabilidade de ocorrência de sismos é muito reduzida. Considerando a semelhança dos requisitos associados à robustez e ao adequado desempenho sísmico, a adopção de práticas associadas ao dimensionamento sísmico pode conduzir ao aumento da robustez estrutural. O presente trabalho visa avaliar os efeitos do dimensionamento sísmico na robustez de estruturas de madeira, através do estudo de três edifícios de cinco pisos em madeira, localizados em Lisboa. Para tal, estabeleceu-se uma comparação entre uma estrutura dimensionada não considerando acções sísmicas, com duas estruturas dimensionadas considerando esta acção. As duas estruturas que incluem dimensionamento sísmico diferem entre si na solução estrutural adoptada, sendo que na primeira se utilizam cruzes de contraventamento nos cantos do edifício e na outra se considera o aumento da secção transversal dos pilares. As estruturas foram dimensionadas segundo o método dos coeficientes parciais presente nos Eurocódigos, considerando uma rigidez de ligação nula, e de seguida analisadas probabilísticamente, através da modelação das acções e das resistências segundo o código modelo do JCSS (2000). A quantificação da robustez foi realizada considerando, simplificadamente, a remoção de um elemento estrutural vertical, sendo traduzida por comparação do índice de fiabilidade da estrutura intacta com o da estrutura sujeita ao dano. Em geral, verificou-se que o dimensionamento sísmico contribui para o aumento da robustez.
Description: Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia Civil - Perfil Estruturas
URI: http://hdl.handle.net/10362/7721
Appears in Collections:FCT: DEC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Mota_2012.pdf2.81 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE