DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente >
FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/7691

Title: Avaliação dos benefícios da implementação de zonas de emissões reduzidas em Lisboa
Authors: Brás, Helena Sofia Armada
Advisor: Ferreira, Francisco
Keywords: ZER
Qualidade do ar
Normas Euro
Issue Date: 2012
Publisher: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Abstract: Nas últimas décadas, nos grandes centros urbanos, os níveis de poluição atmosférica continuam a ser considerados muito elevados. Este fenómeno tem origem no tráfego rodoviário e tem consequências significativas na saúde humana. Como forma de inverter esta tendência, várias medidas têm sido adotadas, sendo a principal a implementação de Zonas de Emissões Reduzidas (ZER). Até à data, esta tem sido considerada a medida mais eficaz para reduzir os problemas de qualidade do ar nas cidades, nomeadamente os decorrentes das elevadas concentrações de matéria particulada (PM10), dióxido de azoto (NO2) e indiretamente de ozono. O principal objetivo deste trabalho foi avaliar os benefícios da implementação de uma ZER em Lisboa. De modo a relacionar o tráfego rodoviário com a poluição atmosférica, e a avaliar quais as zonas onde o nível de exposição aos poluentes é mais elevada, foi efetuada uma análise detalhada das concentrações de NO2 e PM10 medidas nas estações de monitorização de qualidade do ar, durante o período temporal de 2008 a 2011. Foi também realizado um levantamento do tráfego rodoviário da cidade e analisaram-se vários parâmetros, tais como, tipologia, tipo de combustível, norma e idade dos veículos em circulação, para posteriormente serem calculadas as emissões de óxidos de azoto (NOx) e de PM10 provenientes destes veículos. Para determinar a influência das ZER, foram definidos cenários que tiveram em conta determinadas tipologias dos veículos (ligeiros, táxis, pesados de passageiros e motociclos) e diferentes graus de restrição relativamente às normas Euro. Posteriormente foi calculada a redução das emissões de NOx e de PM10, quando aplicados os diferentes cenários. Ao ser aplicada uma ZER que imponha restrições sobre todas as tipologias de veículos consideradas, verifica-se uma redução percentual da concentração dos poluentes, de 8,9% de PM10, 3,5% de NOx, caso sejam aplicadas restrições a veículos anteriores a 1992 (Pré- Euro 1), uma redução de 17,8% de PM10 e 9,8% de NOX, quando aplicadas restrições a veículos anteriores a 1996 (Euro 1) e uma redução de 35,3% de PM10 e 26,5% NOx, quando aplicadas restrições a veículos anteriores a 2003 (Euro 2). É possível afirmar que a implementação de ZER na cidade de Lisboa trará benefícios notáveis ao nível da qualidade do ar, salientando-se que quanto mais restritivas forem as medidas, em relação às normas Euro e área geográfica afetada, melhor a eficiência da redução de emissões.
Description: Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia do Ambiente, perfil de Gestão e Sistemas Ambientais
URI: http://hdl.handle.net/10362/7691
Appears in Collections:FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Bras_2012.pdf4.42 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE