DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Ciências e Tecnologia da Biomassa (ex-GDEH) >
FCT: DCTB - Teses de Doutoramento >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/7610

Title: Contribuição para o estudo da cultura do Kenaf (Hibiscus cannabinus, L.) em Portugal, para fins industriais e energéticos
Authors: Morais, João Cândido Barbosa
Advisor: Mendes, Benilde
Keywords: kenaf (Hibiscus cannabinus L.)
Tainung 2
Everglades 41
Data de sementeira
Densidade de sementeira
Irrigação
Issue Date: 2012
Publisher: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Abstract: O kenaf (Hibiscus cannabinus L.) é uma planta anual de origem tropical, da família Malvaceae , com metabolismo fotossintético em C3 que, nas latitudes temperadas, é cultivada como cultura de verão. Nas últimas décadas tem merecido alguma atenção, devido à possibilidade de ser usada como cultura alternativa “multi-usos”. Entre 2003 e 2006, foram realizados na FCT/UNL dois conjuntos de ensaios. No primeiro, foi investigada a influência da data de sementeira (S), variedade (V) e densidade de sementeira (D). Os campos deste conjunto de ensaios foram designados campos SVD. No segundo, foi investigada a influência da adubação azotada (N) e da irrigação (I). Os campos deste conjunto de ensaios foram designados campos NI. Nos campos SVD, foram testadas, em cada ano, duas datas de sementeira, duas variedades de kenaf (Tainung 2 e Everglades 41) e duas densidades de sementeira (20 plantas/m2 e 40 plantas/m2). A adubação aplicada e a irrigação foram mantidas constantes. Nos campos NI foram testadas, em cada ano, três modalidades de adubação azotada(0, 75 e 150 kg N/ha), cruzadas com quatro modalidades de irrigação (0, 25, 50 e 100% da ETp), após um período inicial de irrigação plena. Os principais resultados obtidos foram: Não foram observadas diferenças significativas de produção entre as variedades estudadas; Quando a sementeira foi realizada cedo (primeira quinzena de Maio), não foram observadas diferenças significativas de produção relacionadas com a densidade de sementeira; Quando a sementeira foi realizada tarde (depois da 15 de Junho), foram obtidas maiores produções na densidade mais elevada; A data de sementeira é um factor importante para a cultura, sendo obtidas maiores produções quando a sementeira foi realizada em Maio; A irrigação é o factor mais importante para a cultura, sendo necessário garantir mais de 50% da ETp para obter produções de caule interessantes; No solo argiloso em que foram realizados os ensaios (rico em azoto), o kenaf só respondeu à adubação azotada quando a rega foi deficitária; Nas condições mais favoráveis dos ensaios realizados, pode ser esperada uma produção típica de caule entre as 15 e as 20 toneladas de massa seca por hectare, o que torna esta planta competitiva com as espécies florestais cultivadas em Portugal para a produção de pasta de papel; O kenaf pode exportar do solo entre 75 e 200 kg N/ha, para os níveis de produção indicados.
Description: Dissertação para obtenção do Grau de Doutor em Energia e Bioenergia
URI: http://hdl.handle.net/10362/7610
Appears in Collections:FCT: DCTB - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Morais_2012.pdf2.43 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE