DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Conservação e Restauro >
FCT: DCR - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/7524

Título: Cerâmica Arqueológica, estudo comparativo da eficácia inicial de dois consolidantes – polímero acrílico e silicato de etilo
Autor: Santos, Maria Margarida de Sousa dos
Orientador: Dionísio, Maria Amélia
Lima, Augusta
Palavras-chave: Cerâmica arqueológica
Consolidação
Silicato de etilo
Paraloid B-72
Eficácia inicial
Issue Date: 2011
Editora: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Resumo: É frequente, em peças de cerâmica arqueológica, o aparecimento de fenómenos de desagregação. Para a conservação deste material há a necessidade de aplicação de produtos que aumentem a sua coesão e resistência mecânica. Dado existirem poucos trabalhos científicos sobre o desempenho de consolidantes alternativos, a utilizar em cerâmica arqueológica, sentiu-se a necessidade de desenvolver um trabalho laboratorial sobre essa temática. Assim, efectuou-se o estudo comparativo de avaliação da eficácia inicial de dois produtos comerciais, o Tegovakon V® e o Paraloid B-72®, como consolidantes. Foram utilizados provetes (sãos) em cerâmica vermelha cozida a 980 °C. Os consolidantes foram aplicados por imersão total e por pincelagem. A cerâmica foi caracterizada por DRX e os consolidantes por FTIR. A micro-estrutura da cerâmica foi caracterizada, antes e após a consolidação, por MEV-EDE, PM e μ-CT. A eficácia inicial do processo de consolidação foi avaliada através de uma série de ensaios laboratoriais, nomeadamente: porosidade acessível à água, absorção de água por capilaridade, velocidade de propagação de ondas longitudinais, resistência à compressão pontual, ângulo de contacto, tempo de absorção da micro-gota e caracterização colorimétrica. A consolidação é um procedimento que interfere nas propriedades físicas e comportamentais da cerâmica intervencionada. Essas alterações nas propriedades da cerâmica são função do consolidante e do método de aplicação. Nos provetes consolidados, por imersão, com Tegovakon V® verificou-se a redução de 62% da porosidade e 98% da capilaridade, o aumento de 4,8% da resistência mecânica e a alteração de ΔΕ de aproximadamente 7,7. Nos provetes consolidados, por imersão, com Paraloid B-72® verificou-se a redução de 4,5% da porosidade e 87% da capilaridade e o aumento de 4,5% da resistência mecânica. A alteração de ΔΕ, aproximadamente 12, foi superior nos provetes consolidados por pincelagem. Com base nestes resultados podemos afirmar que o consolidante que apresenta melhor desempenho, no que diz respeito à eficácia inicial, é o Tegovakon V® aplicado por imersão.
Descrição: Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Conservação e Restauro
URI: http://hdl.handle.net/10362/7524
Appears in Collections:FCT: DCR - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Santos_2011.pdf11,45 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE