DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Física >
FCT: DF - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/7507

Title: Lesões inteligentes em DNA
Authors: Rocha, Cátia Sofia da Costa
Advisor: Raposo, Maria de Fátima
Keywords: Ácido desoxirribonucleico
Azul de metileno
Radiação ultravioleta
Bases (adenina, timina, guanina e citosina)
FT-IR
UV-Vis
Issue Date: 2011
Publisher: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Abstract: Esta dissertação descreve o efeito da radiação ultravioleta (UV) em filmes finos de ácido desoxirribonucleico (DNA), na presença do intercalante azul de metileno (MB). A motivação principal foi a de se estudar a influência do agente intercalante MB na indução de lesões inteligentes no DNA, inibidoras da replicação e que portanto contribuam para a não proliferação de células cancerígenas. Para este estudo recorreu-se à técnica de produção de filmes finos de DNA e de DNA+MB obtidos por derramamento que foram irradiados com radiação UV na ausência e presença de água, sendo os danos causados pela irradiação caracterizados por espectrofotometria de infravermelho. Os resultados experimentais permitiram concluir que a radiação UV está na origem de lesões no DNA tanto na suas bases e grupos fosfato do DNA, como também na sua estrutura, quer na presença ou não do intercalante, sendo estes danos muito menores na ausência de moléculas de água. Contudo, o intercalante MB tem uma acção protectora, observando-se menor magnitude na degradação do DNA quando na sua presença. Para melhor se entenderem os mecanismos envolvidos na interacção dos diferentes constituintes do DNA com a radiação UV, também se estendeu o estudo a soluções aquosas de DNA e das bases azotadas, na presença e ausência de MB. Assim, foram irradiadas soluções de DNA, DNA+MB, MB e bases azotadas e posteriormente analisadas as alterações nos seus espectros de UV-Vis. Relativamente às soluções de DNA e de DNA+MB, observou-se uma maior degradação na primeira solução, corroborando o facto de o intercalante ter uma acção protectora do DNA. Na solução aquosa de MB, verificou-se, que quando exposta à luz UV, esta perde a sua coloração, indicando fotodegradação desta molécula. No que diz respeito às bases, a adenina e a timina apresentaram uma maior acção da radiação enquanto que a citosina e guanina sofreram alterações na sua estrutura sendo que, neste caso, o intercalante apresentou acção protectora, já que apresentaram degradação mesmo na sua presença.
Description: Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia Biomédica
URI: http://hdl.handle.net/10362/7507
Appears in Collections:FCT: DF - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Rocha_2011.pdf1.43 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE