DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) >
Revista da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas >
Revista da FCSH -1998 >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/7437

Title: Tempo, temporalidades, durações - das ciências exactas às ciências sociais, o tempo da geografia no historial e do lugar
Authors: Lema, Paula Bordalo
Issue Date: 1998
Publisher: Colibri
Series/Report no.: ;12
Abstract: Em Galileu (1564-1642) a noção de tempo revela-se associada a movimento no sistema solar do Universo. Pouco tempo depois, Isaac Newton (1642-1727) considera o Espaço e o Tempo em termos absolutos na Lei da gravitação e Leibnitz (1646- -1716), contestando o caracter absoluto do tempo, afirmou o caracter relacionai do Espaço e do Tempo, considerando-o importante como contexto em que os objectos têm uma posição e relação lógica no Espaço e no Tempo. Por influência dos Naturalistas no século XVIII, a noção de sistema e de organismo integra os fenômenos da Natureza e da Sociedade em que o Tempo é relevante com o significado imprescindível de Evolução e Evolucionismo. À superfície da Terra, a evolução no Tempo era cíclica e estacionai, a variação no Espaço era zonal de acordo com a proximidade do Sol em relação ao Equador.
URI: http://hdl.handle.net/10362/7437
ISSN: 0871-2778
Appears in Collections:Revista da FCSH -1998

Files in This Item:

File Description SizeFormat
RFCSH12_11_35.pdf22.65 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE