DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) >
FCSH Departamentos >
FCSH: Departamento de Estudos Portugueses >
FCSH: DEPOR - Teses de Doutoramento >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/7420

Title: Os livros de Fernando Pessoa
Authors: Teixeira, Pedro Miguel Pimentel Sepúlveda de Gouveia
Keywords: Pessoa
Livro
Autor
Ficção
Projecto
Plano
Issue Date: Jun-2012
Publisher: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Abstract: Partindo da análise de uma ideia de livro persistente na obra de Pessoa, assim como das suas variações em diferentes fases, pretende demonstrar-se o modo como dela depende a definição sistémica da obra. Retomando alguns dos ideais tradicionalmente associados ao livro, como a completude da obra nele contida ou o seu entendimento enquanto expressão da unidade e totalidade do pensamento do seu autor, Pessoa subverte estes mesmos ideais ao inseri-los no domínio da ficção e ao adiar ad aeternum a sua concretização. Projectando desde muito cedo a edição e a publicação da obra sob a forma de vários livros, atribui a diversos nomes de autores e editores a responsabilidade pelos mesmos. Ao integrar a organização editorial no domínio da ficção e de um sistema da obra que abrange ambos, a sua edição e a correspondente fixação vêem-se permanentemente adiadas, revelando uma obra dinâmica e em constante transformação. Pessoa concebeu uma pluralidade de livros como expressão de múltiplas facetas da realidade, personificadas em figuras autorais correspondentes a cada uma. Esta pluralidade de livros constituiria um conjunto que almeja a totalidade, uma série ou colecção. A sua realização era, no entanto, condicionada por uma consciência paralela das suas dificuldades, dos seus problemas e da impossibilidade de a concretizar plenamente. A criação de nomes de autores ficcionais, que apelidou tardiamente de heterónimos, é indissociável deste pensamento, de cariz editorial. Cada nome possui uma função editorial ou bibliográfica, definindo e delimitando uma obra, um ou vários livros projectados. O estudo está dividido em três partes, antecedidas por uma introdução que aponta para algumas das ideias determinantes em cada uma. A primeira parte tem por objecto o planeamento editorial de Pessoa, que ao dispor os textos enquanto partes de um conjunto possui uma importância que transcende um mero propósito de publicação. A segunda é dedicada a um pensamento sobre o livro também implicado no planeamento editorial e explicitado em reflexões teóricas em torno da edição e publicação da obra. A terceira parte é centrada na análise do projectado livro de poemas de Alberto Caeiro, que ao ocupar uma posição central no conjunto da obra é revelador de um pensamento sobre o livro que ao perseguir os referidos ideais demonstra principalmente o seu logro. As análises têm ainda como referência uma recolha de documentos, espelhada na elaboração de duas tabelas em anexo, juntamente com a transcrição de alguns textos inéditos ou apenas parcialmente publicados.
Description: Tese apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Doutor em Estudos Portugueses / Estudos de Literatura
URI: http://hdl.handle.net/10362/7420
Appears in Collections:FCSH: DEPOR - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese.pdf1.36 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE