DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) >
FCSH Departamentos >
FCSH: Departamento de Filosofia >
FCSH: DF - Teses de Doutoramento >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/7252

Title: Identidade e vida em Virginia Woolf : uma análise da expressão literária de um problema filosófico
Authors: Silva, Nuno Miguel Marques da
Keywords: V.Woolf,
Leibniz
Bergson
Identidade Pessoal
Issue Date: 2012
Publisher: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Abstract: Esta dissertação tenta fazer uma análise filosófica do problema da Identidade e da Vida no pensamento de Virginia Woolf. Situa-se no cruzamento entre as estruturas do conceito, próprias da filosofia, e as estruturas do significado, próprias da literatura. O que se procura determinar é até que ponto é possível encontrar no pensamento de Woolf qualquer coisa como uma «ontologia literária» – e, em especial, uma ontologia que leve a cabo o projecto filosófico de captação da identidade das coisas. Na introdução, desenha-se o percurso geral do problema a partir dos cortes e continuidades entre as diferentes formas de «olhar» para o problema do «território» da identidade. Começamos por analisar como é que o ponto de vista natural tem sempre já constituída uma compreensão da identidade: uma rede de identidades e diferenças das «coisas». Em seguida, considera-se o modo como o ponto de vista científico se afasta da perspectiva natural, mas ao mesmo tempo mantém a mesma estrutura fundamental de reconhecimento das coisas. Em terceiro lugar, considera-se o ponto de vista filosófico, enquanto ponto de vista crítico, que assume a tarefa de detectar os equívocos e inconsistências das outras formas de olhar para a identidade das coisas. Foca-se em especial o complexo de problemas que enfrenta e o facto de não conseguir levar inteiramente a cabo o projecto de dizer a identidade das coisas. É aqui que entra em cena o ponto de vista literário, enquanto ponto de vista que lida com significados e que pode completar o projecto filosófico. Na primeira parte, em diálogo entre a tradição filosófica sobre a questão da mónada (em especial Leibniz) e o pensamento de Woolf, procura-se traçar o «território» da identidade própria, da identidade «monádica», determinar quais são as suas fronteiras e o que fica para lá delas. O que constitui a identidade monádica é, por um lado, ser uma ínfima parte no meio de tudo o mais e, por outro, ser já esse mais de que se diferencia, de tal forma que a sua identidade própria se atravessa em tudo o mais, é omnienglobante e tem o carácter daquilo a que Leibniz chama pars totalis. Neste sentido, procura-se determinar as diferentes formas em que a identidade se atravessa no mundo, nos outros e no tempo. Na segunda parte, analisa-se a forma como se acha constituído o acesso à identidade. Estuda-se o problema da “distância da pars totalis em relação a si mesma”, a diferença woolfiana entre being e non being, o duplo carácter da experiência enquanto experiência dos factos e experiência do significado e o acontecimento da mónada como totalidade de significado em demanda de si. Na terceira parte, considera-se a forma como o nosso olhar (e tudo isso a que chamamos realidade) está constitutivamente atravessado por conteúdos de ficção. A partir daqui procura-se perceber até que ponto a nossa visão habitual é semelhante à narrativa ficcional e se é ou não possível constituir qualquer coisa como uma biografia integral, i.e., se é ou não possível dizer a vida (a totalidade da vida).
Description: Tese apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Doutor em Filosofia (especialidade Ontologia e Filosofia da Natureza)
URI: http://hdl.handle.net/10362/7252
Appears in Collections:FCSH: DF - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Versão definitiva PHD em PDF.pdf2.91 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE