DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) >
FCSH Departamentos >
FCSH: Departamento de Línguas, Culturas e Literaturas Modernas >
FCSH: DLCLM - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/7233

Título: Interferência linguística do umbundu no português e respectiva aprendizagem
Autor: Viti, Natália Valentina
Palavras-chave: Primeira língua
Língua segunda
Diversidade linguística
Aspectos novos(Interferências)
Issue Date: Jan-2012
Editora: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Resumo: No presente trabalho, procuramos reflectir não só sobre a complexa situação linguística de Angola, seus reflexos no ensino, mas também sobre a Língua Portuguesa e seu estatuto social e educativo. Sendo o português língua oficial, primeira língua de aprendizagem/língua materna para muitos cidadãos e língua segunda para um maior número de angolanos, era necessário um estudo sobre as definições das três vertentes em que é utilizado pelos seus utentes: língua materna, língua segunda e língua estrangeira. A inquietação que está na base do projecto do trabalho, não deixou passar despercebido o aspecto do ensino do Português como primeira língua de aprendizagem, em contexto angolano nem a busca de metodologias de ensino da língua segunda que se possam adequar ao caso concreto da situação do país em questão.
Descrição: Mestrado em Ensino do português como língua segunda e estrangeira
URI: http://hdl.handle.net/10362/7233
Appears in Collections:FCSH: DLCLM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação de Mestrado. Natália Viti. 2012.pdf811,25 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE