DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) >
FCSH Departamentos >
FCSH: Departamento de Línguas, Culturas e Literaturas Modernas >
FCSH: DLCLM - Teses de Doutoramento >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/7229

Title: Columbano no seu Tempo (1857-1929)
Authors: Elias, Margarida Maria Almeida de Campos Rodrigues de Moura
Keywords: Columbano Bordalo Pinheiro
Pintura dos Séculos XIX e XX
Retrato
Natureza Morta
Intimismo
Luís de Camões
Primeira República
Issue Date: Jun-2011
Publisher: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Abstract: Columbano Bordalo Pinheiro (1857-1929) foi um pintor que viveu e trabalhou numa das épocas mais ricas da história da cultura portuguesa. Filho de um artista do Romantismo, de seu nome Manuel Maria Bordalo Pinheiro, teve como irmão o famoso caricaturista e ceramista Rafael Bordalo Pinheiro. Columbano frequentou a Academia de Belas-Artes de Lisboa (1872-1876) e passou por Paris (1881-1883), com uma Bolsa de Estudo. Em Lisboa, fez parte do Grupo do Leão, um grupo de artistas que esteve ligado à introdução do Naturalismo na pintura portuguesa, mas destacou-se por preferir dedicar-se ao retrato e a cenas de interior. Em vez da paisagem e do sol, optou por um mundo íntimo e sombrio - pelo que a sua pintura era mais bem aceite nos meios intelectuais, e era destes meios que saíam os modelos dos seus retratos. Deste modo, compôs uma importante galeria de retratos das mais eminentes figuras da cultura portuguesa, mas também se destacou na realização de numerosas pinturas intimistas e naturezas mortas, que espelhavam o seu apreço pelos espaços fechados e silenciosos. Apaixonado por Camões, a maioria das suas pinturas históricas foram dedicadas a temas camonianos, o que liga a sua pintura ao patriotismo que dominava a cultura nacional. Columbano foi um homem que expressou a cultura do seu tempo, que passou pelo fim da Monarquia e trabalhou durante a Primeira República, tendo sido escolhido para alguns cargos oficiais, nomeadamente como um dos membros da Comissão que desenhou a nova bandeira nacional, e também como Director do Museu Nacional de Arte Contemporânea, ao qual se entregou devotamente.
Description: Tese apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Doutor em História da Arte Contemporânea (Séculos XIX-XX)
URI: http://hdl.handle.net/10362/7229
Appears in Collections:FCSH: DLCLM - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
margarida.pdf157.09 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE