DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) >
FCSH Departamentos >
FCSH: Departamento de Ciências da Educação >
FCSH: DCE - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/7123

Título: Os jogos como facilitadores da aprendizagem da leitura e da escrita de crianças de 4 e 5 anos numa creche portuguesa e numa escola brasileira
Autor: Barbosa, Keila Coelho
Orientador: Silva, Maria do Carmo Vieira da
Palavras-chave: Criança
Creche/escola
Jogo
Leitura e escrita
Issue Date: Sep-2011
Editora: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Resumo: Este estudo teve como principal objectivo verificar em que medida o jogo pode influenciar o desenvolvimento das crianças, bem como o seu nível de aprendizagem, na medida em que poderá facilitar ou não o processo de ensino-aprendizagem, nomeadamente no que diz respeito à aquisição de conhecimentos. Pretendeu-se igualmente analisar se a forma como a educadora comunica e interage com as crianças influencia, de algum modo, o desenvolvimento das mesmas. Para tal, foram analisadas duas realidades culturais diferentes, nomeadamente a forma de aplicação do jogo numa Creche portuguesa e numa Escola brasileira, de modo a proceder à comparação e compreensão das principais semelhanças e diferenças entre a relevância dos jogos para as docentes no desenvolvimento das crianças. Em Portugal, o estudo decorreu numa creche localizada em Sacavém, numa turma sob a direcção de uma educadora de infância de 37 anos de idade, numa sala de 24 alunos, sendo que 11 do sexo feminino e 13 do sexo masculino. Na escola brasileira a amostra é constituída por uma turma de uma escola da cidade de Imperatriz do Estado do Maranhão, sob a direcção de uma professora de 28 anos de idade, composta por 16 alunos, sendo que 9 eram do sexo masculino e 7 do sexo feminino. Em ambos os casos os alunos apresentaram idades compreendidas entre os 4 e os 5 anos. No que respeita à metodologia utilizada, desenvolveu-se uma entrevista semiestruturada, que foi aplicada às docentes da Creche portuguesa e da Escola brasileira, e procedeu-se à observação não-participada da relação estabelecida entre as educadoras e os alunos de cada uma das duas salas/turmas, em diferentes momentos ao longo do dia, verificando-se, assim, as suas rotinas. Relativamente à análise dos resultados, os dados obtidos nas entrevistas, permitiram constatar que as professoras utilizam frequentemente os jogos como forma de motivar os alunos e facilitar a aquisição de competências. Verificou-se ainda através do registo das observações dos alunos em sala de aula, que as crianças gostavam de realizar actividades baseadas em jogos e esse facto repercutiu-se na sua aprendizagem e muito concretamente na leitura e na escrita.
Descrição: Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Ciências da Educação, da área de especialização: Análise e Intervenção em Educação
URI: http://hdl.handle.net/10362/7123
Appears in Collections:FCSH: DCE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
impresao tese.pdf6,06 MBAdobe PDFView/Open
Restrict Access. You can request a copy!

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia