DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Ciências da Vida >
FCT: DCV - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/7090

Título: Matrizes de policaprolactona e quitosano para aplicação em engenharia de tecidos
Autor: Tavares, Valdir Alexandre Câncio David Braga
Orientador: Ferreira, José
Silva, Jorge
Henriques, Célia
Borges, João
Palavras-chave: Regeneração de tecidos
Matrizes biodegradáveis e biocompatíveis
Policaprolactona e quitosano
Electrofiação
Issue Date: Sep-2011
Editora: FCT-UNL
Resumo: A engenharia de tecidos dedica-se ao desenvolvimento de estruturas biocompatíveis e biodegradáveis que substituem tecidos humanos de forma temporária e que suportem a regeneração celular necessária à reconstrução natural do tecido. As membranas de biopolímeros têm-se revelado promissoras na produção de substitutos de pele humana, dado haver a possibilidade de controlo da sua composição e consequentemente das suas características de biocompatibilidade, biodegradação e de apetência para se constituírem como base para a adesão e proliferação celular. Este trabalho visou a produção de membranas de policaprolactona (PCL) e quitosano (CS) e avaliar a proliferação celular nestas membranas. O PCL é um polímero sintético elástico e o CS é um polímero natural que favorece a adesão celular. A combinação destes dois polímeros permite obter membranas que possuem simultaneamente estas características. A produção das membranas de PCL e CS foi realizada através da incorporação do CS em pó nas membranas de PCL obtidas por electrofiação (electrospinning). Neste processo, a acumulação aleatória das fibras sobre um colector permite obter uma estrutura tridimensional muito semelhante à da matriz extracelular natural dos tecidos humanos. Foram efectuadas experiências que permitiram aferir as condições adequadas para a produção das fibras de PCL por electrofiação. Foram produzidas membranas com CS de diferente granulometria e com várias proporções entre o PCL e o CS que foram sujeitas a testes mecânicos, determinação do ângulo de contacto e porosidade com vista à caracterização das suas propriedades físico-químicas. Os testes de cultura celular revelaram alguma dificuldade na adesão das células às matrizes. Para promover uma maior adesão e proliferação celular há que optimizar o método de incorporação de CS, aumentando a sua densidade na superfície das membranas ou tratando a superfície de modo a torná-las hidrofílicas. O trabalho realizado durante esta dissertação constitui mais um contributo para o desenvolvimento de substitutos de pele humana.
Descrição: Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia Biomédica
URI: http://hdl.handle.net/10362/7090
Appears in Collections:FCT: DCV - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tavares-2011.pdf3,77 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia