DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) >
FCSH Departamentos >
FCSH: Departamento de Sociologia >
FCSH: DS - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/7061

Title: Saúde Consumo e Ambiente: Práticas e Valores das Grávidas
Authors: Nunes, Cristina Isabel Vicente Pereira Baptista Duarte
Advisor: Pires, Iva
Keywords: Saúde
Consumo
Ambiente
Grávida
Gravidez
Issue Date: Sep-2011
Publisher: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Abstract: Da complexidade do ser humano, emergem as suas crenças e valores, numa sociedade sustentada num modelo económico centrado no consumo, mas também com preocupações com o bem-estar. Antigamente a grávida vivia com a família de origem e em comunidade fazia as suas aprendizagens. Neste terceiro milénio caracterizado pela grande mobilidade, as grávidas vivem a maiores distâncias da sua família de origem, vivenciando de forma diferente a maternidade. A grávida actual não se encontra isolada socialmente, possui características próprias enraizadas na sua cultura e valores. As suas atitudes e acções são traduzidas por comportamentos ditados por novos paradigmas. As atitudes face ao consumo alteram-se durante a gravidez? A grávida consome mais moderadamente? A preocupase com o possível impacto de alguns consumos na sua saúde? A alterar os seus hábitos? Sente o ambiente de forma diferente? Estas foram muitas das questões que levaram à elaboração do presente estudo de cariz exploratório, que teve como principal objectivo identificar quais as práticas e valores das grávidas no que diz respeito à saúde, consumo e ambiente. Tentou-se identificar as práticas e valores sobre o consumo, saúde e ambiente, recolhendo as respostas de 102 grávidas utilizadoras dos serviços da Enfermeira Especialista de Saúde Materna e Obstetrícia da USF Tílias as quais responderam a um questionário construído para o efeito. A análise dos dados revelou algumas práticas de saúde inadequadas, com base nos valores das inquiridas, revelou também que o valor emergente do consumo para estas mulheres é a qualidade. Relativamente aos factores ambientais as grávidas demonstram algumas preocupações, a este nível o que se surge como positivo é a maioria da amostra querer amamentar o que denota não só preocupações com a saúde do seu bebé, mas também benefícios em termos ambientais.
Description: Dissertação em ecologia humana e problemas sociais contemporâneos.
URI: http://hdl.handle.net/10362/7061
Appears in Collections:FCSH: DS - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese PDF.pdf1.7 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE