DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) >
FCSH Departamentos >
FCSH: Departamento de Ciências da Comunicação >
FCSH: DCC - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/7018

Título: Fluxus: do texto à acção. A cartografia de uma a(r)titude
Autor: Pina, Sónia da Silva
Orientador: Babo, Maria Augusta
Palavras-chave: Fluxus
Intermédia
Expanded-arts
Mixed-arts
Performance
Happening
Medium
Híbrido
Memória-apagamento
Cartografia
Interactividade
Poesia
Neo-concretismo
Por-vir
Issue Date: Sep-2011
Editora: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Resumo: Este projecto estrutura-se em dois momentos essenciais. Este projecto pretende desenvolver uma genealogia da arte new-media na senda da tradição do Fluxus, com o intuito de propor um códex que revisite a interpretação de itinerários artísticos em Portugal, que incorpore a categoria intermedial, as correspondências e os fluxos entre artistas. O Fluxus é traduzível como uma network internacional de artistas, arquitectos, performers, compositores/músicos e designers, que se destacou de outros movimentos artísticos por configurar mais atitude colectiva que movimento, por ser uma forma de experimentalismo baseado mais no evento do que no objecto, e, sobretudo, por combinar e intermediar diferentes e diversos meios e disciplinas artísticas, inscrevendo-se dessa forma no paradigma comunicacional. Formalmente situa-se entre 1961-1978, historiograficamente coincidindo a sua vigência com a vida do seu fundador formal, George Maciunas. Porém, segundo alguns dos mais proeminentes investigadores do tema e artista Fluxus do circuito do grupo de Califórnia, Ken Friedman, o Fluxus foi capaz de crescer por que teve espaço para o diálogo e transformação, tendo renascido várias vezes e de maneiras diferentes, o que se deveu essencialmente à interdisciplinaridade e ao conteúdo filosófico que impregna. Nessa deriva, se pretende aduzir da sua actualidade e premência para se pensar os modelos e práticas visuais na contemporaneidade, e, resgatar um legado ainda inédito em Portugal. Os objectivos gerais são rastrear a herança do Fluxus em Portugal, percorrendo o fluxo de itinerâncias e diálogos estabelecidos entre artistas e comissários, no circuito de mobilidades e diásporas artísticas. E, assim, contribuir para a visibilização de um património e de um locus intersemiótico passível de ser aplicado, quer por cientistas da comunicação, quer pelos diferentes agentes que se dispõem em torno das artes e da cultura. Adicionalmente prevê-se alargar a investigação produzida internacionalmente sobre o tema ao contexto português.
Descrição: Trabalho de Projecto em Ciências da Comunicação, variante Cultura Contemporânea e Novas Tecnologias
URI: http://hdl.handle.net/10362/7018
Appears in Collections:FCSH: DCC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TrabalhoProjecto_FLUXUS_2011_SóniaPina.pdf2,16 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia