DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Física >
FCT: DF - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/7017

Título: Estudos dosimétricos em radiodiagnóstico
Autor: Oliveira, Mário João Fartaria de
Orientador: Oliveira, Carlos
Cardoso, João
Palavras-chave: Raios X
Dosimetria
Radiodiagnóstico
Calibração
Kerma no ar
Issue Date: 2011
Editora: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Resumo: A maior contribuição para a dose no conjunto de exposições, da população a fontes de radiação ionizantes produzidas pelo homem, provem de exames médicos de radiodiagnóstico. A frequência de exames radiológicos e a dose de radiação recebida pelos pacientes, em cada exame, tem merecido a atenção dos profissionais de saúde e das entidades de protecção e segurança radiológica. No sentido de determinar as doses associadas aos vários exames e os respectivos procedimentos, foi recentemente emitido pela Agência Internacional da Energia Atómica um código de práticas (TRS 457), útil em laboratórios de dosimetria e em hospitais. Neste contexto, a dosimetria assume uma importância central. A mensuranda é o kerma no ar, e a sua medição é realizada com recurso a instrumentos adequados tais como câmaras de ionização, entre outros, com calibração rastreável a um padrão primário. Em Portugal, o laboratório responsável pelo controlo metrológico de dosímetros é o Laboratório de Metrologia das Radiações Ionizantes (LMRI) do Instituto Tecnológico e Nuclear(ITN). O objectivo principal deste trabalho foi a realização da dosimetria dos feixes das várias qualidades de radiação do radiodiagnóstico, tais como, as RQR e RQA, aplicadas ao diagnóstico convencional, as RQT, aplicadas à tomografia computadorizada, e as qualidades definidas pelo Bureau International dês Poids et Mesures (BIPM), aplicadas à mamografia. Consequentemente foram estabelecidos os procedimentos mais adequados à calibração dos dosímetros utilizados em meio clínico. Foi estudado em particular, o melhor método para a calibração de câmaras de ionização do tipo lápis, dosímetros utilizados na tomografia computadorizada. Os resultados obtidos sugerem que a irradiação da câmara a 50% do seu comprimento sensível, é a melhor opção para a realização da calibração deste tipo de câmaras. Os resultados obtidos permitem ao LMRI estar em condições de participar numa comparação interlaboratorial das qualidades estudadas.
Descrição: Dissertação para a obtenção do Grau de Mestre em Engenharia Biomédica
URI: http://hdl.handle.net/10362/7017
Appears in Collections:FCT: DF - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Oliveira_2011.pdf40,65 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia