DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente >
FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/6978

Título: Estudo dosimétrico para implementação da técnica radioterapêutica volumetric modulated arc therapy (VMAT)
Autor: Cardoso, Maria João Dias
Orientador: Teixeira, Nuno
Jesus, Adelaide
Palavras-chave: Volumetric modulated arc therapy (VMAT),
Radioterapia
Dosimetria
ArcCHECK, Delta
MatrixX
Issue Date: Sep-2011
Editora: FCT-UNL
Resumo: Volumetric Modulated Arc Therapy (VMAT) é uma técnica de radioterapia externa em arco que conjuga simultaneamente a modulação da intensidade do feixe conseguida com colimador multilâminas (MLC) dinâmico, com a variação da taxa de dose e da velocidade de rotação da gantry. Neste trabalho realizou-se um estudo para implementar esta técnica em modo clínico. Analisou-se a estabilidade do output do AL e constatou-se que posicionando a gantry a 180° se obtinha a maior variação do outupt em relação ao output medido com a gantry a 0°. Variando as unidades de monitor (MU), o output teve uma variação média inferior a 0,14% em relação ao output medido com 100MU. A variação da taxa de dose não alterou o output mais que 0,11%, em relação ao output medido com 300MU/min. Obtevese 1,58% para a transmissão das lâminas do MLC. Irradiaram-se semi-arcos (350°-10°) variando a taxa de dose e a simetria e homogeneidade dos perfis de dose obtidos, determinadas com base no protocolo Elekta, eram inferiores a 102% a 105%. Os testes específicos para VMAT evidenciaram que dinamicamente as lâminas, gantry e diafragmas estão dentro das especificações para VMAT. A análise dos erros que ocorreram nos testes e das respectivas tolerâncias indicou que o seu desempenho dinâmico está dentro das especificações para VMAT. A velocidade das lâminas é superior a 2cm/s. Utilizando o ArcCHECK® foi possível verificar que o AL consegue reproduzir planimetrias de VMAT tendo-se obtido resultados de análise gama (3%,3mm) superiores a 90%, evidenciando a correspondência entre o planeado no sistema de planimetria e o que o AL reproduz efectivamente. O ArcCHECK® mostrou-se mais funcional e prático que o Delta4®. A MatrixX com o MultiCube®, embora tenha por base uma comparação 2D, veio complementar a análise efectuada com o ArcCHECK®, garantindo que o AL consegue reproduzir planimetrias de VMAT.
Descrição: Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia Biomédica
URI: http://hdl.handle.net/10362/6978
Appears in Collections:FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
cardoso-2011.pdf1,63 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia