DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente >
FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/6978

Title: Estudo dosimétrico para implementação da técnica radioterapêutica volumetric modulated arc therapy (VMAT)
Authors: Cardoso, Maria João Dias
Advisor: Teixeira, Nuno
Jesus, Adelaide
Keywords: Volumetric modulated arc therapy (VMAT),
Radioterapia
Dosimetria
ArcCHECK, Delta
MatrixX
Issue Date: Sep-2011
Publisher: FCT-UNL
Abstract: Volumetric Modulated Arc Therapy (VMAT) é uma técnica de radioterapia externa em arco que conjuga simultaneamente a modulação da intensidade do feixe conseguida com colimador multilâminas (MLC) dinâmico, com a variação da taxa de dose e da velocidade de rotação da gantry. Neste trabalho realizou-se um estudo para implementar esta técnica em modo clínico. Analisou-se a estabilidade do output do AL e constatou-se que posicionando a gantry a 180° se obtinha a maior variação do outupt em relação ao output medido com a gantry a 0°. Variando as unidades de monitor (MU), o output teve uma variação média inferior a 0,14% em relação ao output medido com 100MU. A variação da taxa de dose não alterou o output mais que 0,11%, em relação ao output medido com 300MU/min. Obtevese 1,58% para a transmissão das lâminas do MLC. Irradiaram-se semi-arcos (350°-10°) variando a taxa de dose e a simetria e homogeneidade dos perfis de dose obtidos, determinadas com base no protocolo Elekta, eram inferiores a 102% a 105%. Os testes específicos para VMAT evidenciaram que dinamicamente as lâminas, gantry e diafragmas estão dentro das especificações para VMAT. A análise dos erros que ocorreram nos testes e das respectivas tolerâncias indicou que o seu desempenho dinâmico está dentro das especificações para VMAT. A velocidade das lâminas é superior a 2cm/s. Utilizando o ArcCHECK® foi possível verificar que o AL consegue reproduzir planimetrias de VMAT tendo-se obtido resultados de análise gama (3%,3mm) superiores a 90%, evidenciando a correspondência entre o planeado no sistema de planimetria e o que o AL reproduz efectivamente. O ArcCHECK® mostrou-se mais funcional e prático que o Delta4®. A MatrixX com o MultiCube®, embora tenha por base uma comparação 2D, veio complementar a análise efectuada com o ArcCHECK®, garantindo que o AL consegue reproduzir planimetrias de VMAT.
Description: Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia Biomédica
URI: http://hdl.handle.net/10362/6978
Appears in Collections:FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
cardoso-2011.pdf1.63 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE