DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) >
Revista da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas >
Revista da FCSH -1996 >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/6882

Title: Legitimações dinásticas e pragmatismo. Do discurso providencialista. Fernão Lopes e António Vieira
Authors: Ramalhete, Ana Maria
Issue Date: 1996
Publisher: Colibri
Series/Report no.: N.9;
Abstract: A par das componentes social, política, militar e diplomática sobre as quais se constrói a legitimação do poder após momentos de mptura, o discurso reconstmctor de factos irá, talvez, fomecer a dimensão de segurança na inevitabilidade dos acontecimentos, a um projecto que corresponderia ao desejo e vontade de uma maioria. As dinastias de Avis e de Bragança teriam nos textos de Femão Lopes e do Padre Antônio Vieira a escrita constmtora dessas novas realidades. A análise dos seus textos poderá fomecer elementos que contribuam para a caracterização do discurso de legitimação do poder. A primeira necessidade, que ambos os autores sentem no seu relacionamento com os receptores, é o estabelecimento de uma base certificadora da verdade dos seus textos. Ambos irão invocar uma metodologia subjacente à sua escrita, acentuando a investigação de fontes fidedignas, o que parecerá tanto mais estranho quanto se nos apresenta um texto com um título como História do Futuro. No entanto, o Padre Antônio Vieira iria precisamente apontar para possíveis erros a que as fontes podiam induzir, para apresentar a Bíblia como sua fundamentação obviamente irrefutável.
Description: pp. 209-219
URI: http://hdl.handle.net/10362/6882
ISSN: 0871-2778
Appears in Collections:Revista da FCSH -1996

Files in This Item:

File Description SizeFormat
RFCSH9_209_219.pdf9.38 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE