DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) >
Revista da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas >
Revista da FCSH -1996 >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/6879

Title: Labirintos da identidade: de como um fidalgo castelhano-manchego foi chamado a salvar a pátria portuguesa.(da literatura comparada ao fado lusíada)
Authors: Abreu, Fernanda
Issue Date: 1996
Publisher: Colibri
Series/Report no.: N.9;
Abstract: Alonso Quijano, fidalgo manchego, nasceu num lugar de cujo nome não quis o seu autor lembrar-se. Convém, porém, que se diga que o famoso fidalgo nasceu, viveu, amou e aventurou por terras de Castela. Sabe-se que foi, antes de mais, leitor empedemido de livros de cavalarias e que, ao longo dessas leituras, se apoderou do modelo do cavaleiro andante e se pôs a imitar os que melhor conhecia. Duvidou entre Amadis e Palmeirim, mas no fim decidiu-se pelo primeiro sem, no entanto, deixar de seguir também o outro - e outros, como o Furioso Orlando do italiano Ariosto ou o Blanc Tirant do valenciano Joan de Martorell. Assim, por vontade própria se fez cavaleiro andante e, por vontade própria, se chamou Dom Quixote. Nesta paixão apropriadora, mal sabia o fidalgo manchego de que modo - tantos e vários - seria ele, passando o tempo, convertido num dos mais fascinantes objectos de apropriação para outros leitores, em muito a ele semelhantes. E um certo modo de apropriação da figura de Dom Quixote o que nesta comunicação pretendo destacar tratando de enfocá-lo nas propostas destes Encontros.
Description: pp. 187-199
URI: http://hdl.handle.net/10362/6879
ISSN: 0871-2778
Appears in Collections:Revista da FCSH -1996

Files in This Item:

File Description SizeFormat
RFCSH9_187_199.pdf10.64 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE