DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) >
Revista da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas >
Revista da FCSH -1994/1995 >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/6738

Title: Hierocracia e sacerdotalismo uma diferenciação de conceitos no pensamento político da baixa Idade Média
Authors: Barbosa, João Morais
Issue Date: 1994
Publisher: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Series/Report no.: Vol. 1;N.7
Abstract: As relagóes de poder, no àmbito da Idade Mèdia em geral, que nào sé no da Baixa Idade Mèdia, podem ser perspectivadas de diferentes modos. Mas nimca deveremos encarà-Ias exclusivamente sob um àngulo politico. Por outras palavras, nào se trata, na sua esséncia, de uma problemàtica politica. Pode ser vista comò uma problemàtica jiuridica, ou teològica, ou social, etc. Desejaria aqui abordà-la sob um ponto de vista antropològico. Seria talvez dispensàvel repetir o que todos vòs sabeis: nào existìu, ao longo da Idade Mèdia, um fenòmeno essencialmente polìtico. Perspectivar as rela^òes de poder desse modo, ou seja, comò rela^òes entra duas entidades de natureza polìtica — o Impèrio e a Igreja — seria falsear o problema e nào chegar finalmente a resolvé-Io. Nào podemos aplicar à Idade Mèdia conceitos e critèrios contemporàneos. Isto tem sido dito à saciedade por variadìssimos estudiosos, mas nem sempre este legìtimo ponto de partìda foi por eles levado às suas ultimas consequéndas.
Description: pp. 11-24
URI: http://hdl.handle.net/10362/6738
ISSN: 0871-2778
Appears in Collections:Revista da FCSH -1994/1995

Files in This Item:

File Description SizeFormat
RFCSH7_11_24.pdf14.49 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE