Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/6711
Title: O Partido Comunista Português e a Guerra Fria: “sectarismo”, “desvio de direita”, “Rumo à vitória” (1949-1965)
Authors: Madeira, João Manuel Martins
Orientador: Rosas, Fernando
Keywords: Centralismo Democrático
Clandestinidade
Comunismo
Democracia
Desvio de Direita
Guerra Fria
Estalinismo
Oposição
Salazarismo
Sectarismo
Transição
Issue Date: May-2011
Publisher: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Abstract: Entre a prisão de Álvaro Cunhal em 1949 e o triunfo formal das suas teses no VI Congresso do PCP, em 1965, o Partido Comunista Português viveu anos difíceis e flutuações de linha política, pontuadas por fortes debates e crises internas. O acuo partidário dos primeiros anos cinquenta deu lugar, à sombra do XX Congresso do PCUS e de velhas e enquistadas concepções políticas, a um designado “desvio de direita” em que os fundamentos doutrinários – independência operária como esteio fundamental da política de alianças e via do levantamento nacional para o derrube do regime – tal como a concebera Álvaro Cunhal foi paulatinamente substituído. Após a sua audaciosa fuga da prisão no início de 1960, Cunhal procederá à rectificação desse “desvio” e reporá a “linha do levantamento nacional” consubstanciada em termos doutrinários no “Rumo À Vitória”, documento fundamental que está na base do programa aprovado no Congresso de 1965.
Description: Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Doutor em História Institucional e Política Contemporânea
URI: http://hdl.handle.net/10362/6711
Appears in Collections:FCSH: DH - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
O PCP e a guerra fria.pdf3,75 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.