DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Química >
FCT: DQ - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/6623

Título: Desenvolvimento de membranas para aplicação em células de combustível a alta temperatura
Autor: Martins, Carla Maria Figueiredo
Orientador: Neves, Luísa
Coelhoso, Isabel
Crespo, João
Palavras-chave: Células de combustível
Nafion®
Líquidos iónicos
Permeabilidade ao metanol
Resistência mecânica
H-NMR
Issue Date: 2011
Editora: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Resumo: O trabalho desenvolvido nesta tese teve como objectivo o desenvolvimento de novas membranas para aplicação em células de combustível a alta temperatura. Foram testadas membranas de Nafion® na sua forma protonada com dois tipos de espessura diferentes, Nafion® - 117 e Nafion® - 212 com 183 μm e 51 μm de espessura, respectivamente. As membranas de Nafion® mencionadas anteriormente foram modificadas através da incorporação de catiões de líquidos iónicos (n-dodeciltrimetilamónia, DTA+; 1-butil-3-metilimidazólio, BMIM+; feniltrimetilamónia, TMPA+). Com o objectivo de verificar qual o efeito da presença do catião do líquido iónico, as membranas de Nafion® modificadas foram caracterizadas utilizando as seguintes técnicas: ensaios de propriedades mecânicas (extensão e perfuração), termogravimetria e H – NMR (Relaxação spin-rede do protão de hidrogénio). Adicionalmente, uma vez que este estudo visa a aplicação das membranas em células de combustível, foram também efectuados estudos de transporte de metanol, e de gases (N2, O2 e CO2) puros e humidificados. Comparando todos os resultados obtidos com os de uma membrana não modificada, verificou-se que é possível ajustar as propriedades das membranas consoante o catião incorporado e o seu grau de incorporação. A introdução de catiões volumosos de líquidos iónicos, altera o teor em água na membrana e o seu grau de estruturação, melhorando a estabilidade das mesmas a altas temperaturas (150ºC), reduzindo o transporte de metanol e de gases e aumentando a resistência mecânica das membranas. Deste modo, para utilização de membranas modificadas de Nafion® com catiões de líquidos iónicos para aplicação em células de combustível a altas temperaturas, um compromisso entre as diferentes propriedades terá de ser encontrado; tendo em conta por um lado, a redução da mobilidade protónica, e por outro uma maior estabilidade a altas temperaturas e a redução da permeabilidade ao metanol e gases.
Descrição: Dissertação para obtenção do grau de Mestre em Engenharia Química e Bioquímica
URI: http://hdl.handle.net/10362/6623
Appears in Collections:FCT: DQ - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Martins_2011.pdf2,23 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia