DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Química >
FCT: DQ - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/6315

Title: Produção de SCO (Single Cell Oil) para biodiesel a partir da microalga Chlorella protothecoides em diversos bioreactores com troca simbiótica de correntes gasosas
Authors: Caldeira, Maria Leonor Duarte
Advisor: Reis, Alberto
Keywords: Chlorella protothecoides
Biodiesel
Simbiose
Fermentação
Fotobioreactores (FBR)
Citómetria de fluxo
Issue Date: 2011
Publisher: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Abstract: A associação de dois bioreactores, um fotoautotrófico e um heterotrófico, ligados entre si através das suas correntes gasosas de entrada e saída com troca de gases, nomeadamente CO2 e O2, pode gerar um benefício em ambas as culturas. A corrente gasosa de saída do fotobioreactor, rica em O2, é usada como corrente de entrada no biorector heterotrófico, fermentador, e em paralelo, a corrente de saída do fermentador, rica em CO2 é usada como corrente de entrada no fotobioreactor, proporcionando um melhor crescimento de biomassa e uma melhor produtividade em biomassa e lípidos para posterior transformação em biodiesel. A microalga Chlorella protothecoides e a levedura Rhodotorula glutinis foram escolhidas como microrganismos modelo uma vez que, aliadas à sua robustez, apresentam elevadas produtividades de biomassa e lípidos em regime autotrófico (microalga) e heterotrófico (microalga e levedura). Neste trabalho foram realizados estudos de optimização sobre o crescimento heterotrófico da microalga em meio simples com diferentes fontes de carbono, no qual a glucose apresentou a mais elevada taxa de crescimento (μ), 0,037 h-1, e a melhor produtividade em biomassa (PXmax), 1,55 g/l.d. A simbiose entre Chlorella protothecoides autotrófica e a levedura heterotrófica Rhodotorula glutinis, revelaram resultados bastante promissores no sentido de fornecimento de ar rico em CO2 ao fotobioreactor, proveniente da fermentação da levedura, aumentando a taxa de crescimento da alga autotrófica 30%, o que leva a um aumento da produtividade em biomassa em 100%, e consequentemente a um aumento na produtividade em lípidos. Este resultado é de interesse biotecnológico e passível de levar a futuros estudos de ampliação de escala com possibilidade de diminuição dos custos de produção de biomassa e seus produtos sem a necessidade de investimentos adicionais.
Description: Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Biotecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10362/6315
Appears in Collections:FCT: DQ - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Caldeira_2011.pdf1.29 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE