DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente >
FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/6308

Título: Valorização energética de lamas resultantes do processo de produção de pasta e papel numa caldeira de leito fluidizado
Autor: Simão, Susana Sequeira
Orientador: Abelha, Pedro
Lapa, Nuno
Palavras-chave: Lamas
Indústria de celulose
Biomassa florestal
Combustão
Leito fluidizado
Issue Date: 2011
Editora: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Resumo: Em Portugal, no sector da indústria de pasta e papel são produzidas em média, cerca de 300 mil toneladas/ano (matéria húmida) de lamas. O recurso à prática de procedimentos adequados e sustentáveis de gestão destes resíduos, garante a redução de custos, o aumento da vida útil dos aterros industriais, a redução das fragilidades potenciais dos passivos ambientais e maiores garantias de cumprimento das exigências legais. Face às outras alternativas de gestão, a combustão, como destino final das lamas, surge como uma alternativa atractiva e apresenta, as seguintes vantagens:  Possibilidade de aproveitamento de energia por recuperação do calor da combustão; Redução do volume final de material a tratar (cinzas), baixando consequentemente os custos de manuseamento, preparação e transporte das lamas; Destruição dos compostos orgânicos. O presente trabalho teve como principal objectivo a verificação da viabilidade técnica da valorização energética de lamas resultantes do processo de produção de pasta e papel,através da sua co-combustão com resíduos florestais, os quais são normalmente incinerados neste tipo de indústrias, em caldeiras de leito fluidizado, para produção de energia. Para tal, foram realizados quatro ensaios de combustão de biomassa numa caldeira de leito fluidizado borbulhante, à escala piloto com incorporação de percentagens mássicas variáveis de lamas: 100% de biomassa; 100% biomassa com 20% de lamas secundárias; 80% de biomassa com 10% de lamas primárias e 10% de lamas secundárias; e 90% de biomassa com 5% de lamas primárias e 5% de lamas secundárias. Verificou-se que a incorporação de lamas primárias e secundárias parece não ter afectado significativamente o valor da eficiência de conversão de combustível a qual ficou acima dos 99% em todos os ensaios. Face aos resultados obtidos verificou-se que a incorporação de lamas no processo de combustão de biomassa, em percentagens baixas (5-10% m/m) pareceu não afectar significativamente a qualidade das cinzas resultantes e dos efluentes atmosféricos. Para os lixiviados obtidos registaram-se algumas variações significativas, destacando-se a ecotoxicidade identificada nos lixiviados das cinzas do 1º e do 2º ciclone, resultantes dos ensaios realizados com lamas primárias.
Descrição: Dissertação para obtenção do Grau de Mestre Energia e Bioenergia
URI: http://hdl.handle.net/10362/6308
Appears in Collections:FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Simao_2011.pdf1,05 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia