DSpace UNL

RUN >
Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP) >
ENSP Departamentos >
ENSP: Área Disciplinar de Saúde Pública - Gestão de Organizações e Serviços de Saúde >
ENSP: GOSS - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/6239

Título: O impacto económico da obesidade em Portugal : custos directos com internamento
Autor: Ribeiro, Vanessa
Orientador: Pereira, João
Mateus, Céu
Palavras-chave: Obesidade
Risco relativo
Custos directos
Internamento
Obesity
Relative risk
Direct costs
Inpatient hospital
Issue Date: 2010
Editora: Universidade Nova de Lisboa. Escola Nacional de Saúde Pública
Resumo: RESUMO - A prevalência da obesidade não teve alterações significativas em Portugal. Uma vez que os recursos são escassos e é cada vez mais premente distribuí-los de forma racional, torna-se importante conhecer o impacto económico da obesidade para o país e perceber se os custos se alteraram. Objectivo: Actualizar, à luz de evidência mais recente, a estimativa dos custos directos com internamento hospitalar atribuíveis à obesidade, em Portugal, no ano 2008. Metodologia: Foi estimado o custo directo da obesidade, na componente internamento, a partir da metodologia custo da doença, utilizando uma abordagem baseada na prevalência. Os dados da prevalência advém do estudo epidemiológico mais recente em Portugal (14,4%). Os valores de risco relativo utilizados provêm da meta análise epidemiológica mais completa. Foi calculado, a partir destes dados, o risco atribuível populacional (RAP) de cada patologia. Através da base de dados nacional dos episódios de internamento, fez-se uma pesquisa de todos os episódios de internamento relativos às comorbilidades associadas à obesidade e aplicou-se o respectivo RAP. Com base na portaria n.º 839-A/2009 de 31 Julho atribuíramse os custos. Resultados: Os custos directos com a obesidade, na componente internamento, no ano 2008 foram de 85,9 milhões de euros, o que corresponde a 0,92% da despesa total em saúde. Os três maiores contribuintes para esta despesa são as patologias do sistema circulatório e cerebrovascular, a osteoartrite e os episódios relativos ao tratamento da obesidade em si. Conclusões: O impacto económico relativo ao internamento da obesidade diminuiu em Portugal. Este estudo surge então, como ponto de partida para estudar os custos totais com a obesidade e a efectividade das estratégias de prevenção.
ABSTRACT - The prevalence of obesity has no significative change in Portugal. Once resources are scarce, and it becomes important to deliver them in a rational manner, it is relevant to know the economic impact of obesity in the country, and discover if the costs had changed. Objective: To update, with the current evidence, the estimation of direct costs associated with hospital inpatient stays attributable to obesity, in Portugal, in the year 2008. Methodology: The direct costs of obesity related to hospital inpatient stays was estimated, using cost of illness methodology with prevalence based approach. Prevalence data becomes from the more recent epidemiologic study in Portugal (14, 4%). Relative risk values were taken from a key epidemiologic meta analysis. Population attributable risk (PAR) for each disease was calculated through these data. An investigation of all hospital inpatient episodes, related to comorbidities associated with obesity, through the inpatient hospital national database has been done and the respective PAR has been applied. Costs were attributed based on the portaria n. º 839-A/2009 de 31 Julho. Results: Obesity direct costs, inpatient hospital, year 2008, were 85,9 million euros, which corresponds to 0,92% of total health expenditure. The three major contributors for this expenditure are circulatory system and cerebrovascular diseases, osteoarthritis and obesity itself. Conclusion: The economic impact of obesity related to inpatient hospital has decreased in Portugal. This study arise as starting point to study total costs of obesity and the efectiveness of prevention strategies.
URI: http://hdl.handle.net/10362/6239
Appears in Collections:ENSP: GOSS - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
RUN - Tese de Mestrado - Vanessa Ribeiro.pdf1 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia