DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Ciências da Terra >
FCT: DCT - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/5970

Título: Valorização de escombreiras da indústria extractiva de mármores no Alentejo
Autor: Ribeiro, Tatiana Saldanha Garcia Morais
Orientador: Caetano, Paulo
Palavras-chave: Mármore
Escombreiras
Valorização
Ordenamento do território
Alentejo
Issue Date: 2011
Editora: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Resumo: Todos os anos milhões de toneladas de desperdício de mármore são acumuladas nas escombreiras dos concelhos de Estremoz, Borba e Vila Viçosa (Zona dos Mármores) pela indústria extractiva local. Este enorme desperdício, que ronda 80 a 90% do total da rocha extraída, deve-se à conjugação de factores de várias ordens, entre os quais predominam o elevado grau de fracturação da jazida, que impede a produção de blocos com dimensão comercial mínima e aspectos de ordem estética (presença de manchas, fios, etc.), que desvalorizam a pedra, ao ponto de a tornar inaproveitável para uso como rocha ornamental. A presente dissertação visa efectuar o primeiro passo na avaliação da viabilidade técnica de utilização desta enorme quantidade de mármore para diversos fins industriais. Para tal, foi realizado um programa de amostragem que se baseou num zonamento representativo da jazida de mármores tendo em conta, não só o conhecimento científico já existente, como a produção histórica e actual,para que, com base nos quantitativos estimados das diferentes variedades de desperdício de mármore disponíveis nas escombreiras da região e passíveis de serem produzidos num futuro próximo, a caracterização laboratorial subsequente pudesse incidir sobre matérias-primas efectivamente representativas e viáveis. A selecção dos locais de amostragem foi feita em sucessivas etapas, designadamente através de: (i) inventariação do maior número possível de escombreiras da região a partir de imagens aéreas (ii) a aplicação de um modelo em SIG que permitiu a ordenação provisória das escombreiras segundo critérios e parâmetros que melhor traduzissem as suas potencialidades, (iii) a validação no terreno dos parâmetros do modelo (iv) a afinação dos resultados, com o estabelecimento de uma lista definitiva, com um mínimo de trinta escombreiras a amostrar. Após campanha de trabalhos de campo com amostragem das trinta escombreiras foram realizados ensaios laboratoriais com vista à caracterização química das amostras. Os ensaios consistiram na determinação de teores de CaCO3, de Fe, Al, Si, Mg e outros catiões e de valores de carbono orgânico total, perda ao fogo e resíduo insolúvel. Complementarmente, foi efectuado um estudo de enquadramento das escombreiras nos instrumentos de ordenamento territorial, com vista a serem tomados em consideração estes factores na selecção final das escombreiras a estudar em maior pormenor.
Descrição: Dissertação para obtenção do grau de Mestre em Engenharia Geológica (Georrecursos)
URI: http://hdl.handle.net/10362/5970
Appears in Collections:FCT: DCT - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Ribeiro_2011.pdf7,7 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE