DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Ciências e Tecnologia da Biomassa (ex-GDEH) >
FCT: DCTB - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/5916

Título: Estudo do crescimento da microalga Chlorella vulgaris numa água residual tratada, sob diferentes condições de fotoperíodo e temperatura
Autor: Russo, David Alexandre Martins Tavares
Orientador: Lapa, Nuno
Palavras-chave: Água residual doméstica
Chlorella vulgaris
Temperatura
Fotoperíodo
Crescimento
Remoção de N e P
Issue Date: 2011
Editora: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Resumo: Uma das vertentes da Bioenergia é a utilização das microalgas para produção energética. Este aproveitamento, quando efectuado de forma isolada, é considerado por diversos autores como não sendo economicamente viável, daí procurarem-se sistemas integrados de crescimento microalgal. Estes sistemas juntam a produção de componentes com valor energético, o sequestro de CO2, a depuração de águas residuais e a extracção de substâncias com elevado valor comercial (pigmentos, substâncias anti-oxidantes, entre outros). O objectivo principal deste trabalho foi o estudo da cinética de crescimento da microalga Chlorella vulgaris numa água residual, a qual foi previamente submetida a um tratamento biológico aeróbio sem remoção de N e P, e sem ser submetida a qualquer tipo de pré-tratamento em laboratório (nomeadamente desinfecção). Pretendeu-se também avaliar a taxa de remoção dos nutrientes N e P no decurso do crescimento microalgal. Foi simulado o crescimento da microalga em condições meteorológicas de Verão e de Inverno, com diferenças de incubação no que diz respeito ao fotoperíodo e à temperatura (Inverno: temperatura de 10°C e fotoperíodo de 6h de luz/18h de escuro; Verão: temperatura de 20°C e fotoperíodo de 12h de luz/12h de escuro), tendo-se comparado o seu crescimento no meio de cultura sintético ISO 8692 e na água residual tratada. A água residual tratada foi colhida na ETAR de Fernão Ferro, a qual é explorada pela empresa Simarsul. O nível de tratamento instalado é terciário, dispondo de desinfecção do efluente final. A água residual foi colhida a jusante do sistema de desinfecção por sistema de ultravioletas, ou seja, após a fase terciária do tratamento. No ensaio preliminar de cultivo das microalgas, o qual foi realizado com o objectivo de se testarem as condições de incubação e arejamento das culturas, foram registadas taxas específicas de crescimento, relativamente à Densidade Óptica (DO), de 0,253 d-1,para o crescimento no meio ISO 8692, e de 0,496 d-1, para o crescimento na água residual tratada.
Descrição: Dissertação apresentada à Universidade Nova de Lisboa, Faculdade de Ciências e Tecnologia, para a obtenção do grau de Mestre em Energia e Bioenergia
URI: http://hdl.handle.net/10362/5916
Appears in Collections:FCT: DCTB - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Russo_2011.pdf4,26 MBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia