DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) >
FCSH Departamentos >
FCSH: Departamento de Filosofia >
FCSH: DF - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/5735

Title: EXCEPÇÃO E PODER EM SCHMITT, FOUCAULT E AGAMBEN
Authors: Lago, Miguel Ângelo Mendes
Advisor: Aurélio, Diogo Pires
Keywords: Excepção
Poder
Biopolítica
Crítica
Issue Date: Sep-2011
Publisher: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Abstract: A presente dissertação tentará mostrar a pertinência de uma concepção crítica da filosofia política, através do estudo de duas questões chave, a excepção e o poder, em três figuras maiores da filosofia política contemporânea, a saber Schmitt, Foucault e Agamben. Tendo o desenvolvimento destas duas questões como fio condutor do nosso trabalho, tentaremos traçar um percurso essencial desta atitude crítica que, não só caracteriza, mas também define a filosofia política enquanto saber prático, em que seja evidente a relação, o compromisso matricial entre o pensamento político e a história.
Description: Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Filosofia Política
URI: http://hdl.handle.net/10362/5735
Appears in Collections:FCSH: DF - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação Mestrado Filosofia Política Miguel Lago Jan_11.pdf577.2 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE