DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) >
FCSH Departamentos >
FCSH: Departamento de Estudos Políticos >
FCSH: DEP - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/5682

Título: Cidades democráticas - Lugares diferidos. Elementos de democracia urbana
Autor: Mendonça, Pedro Miguel Martins
Orientador: Sarmento, Cristina Montalvão
Palavras-chave: Cidade
Cidadania
Democracia urbana
Planeamento urbano
Genótipo democrático
Justiça espacial
Sintaxe espacial
Issue Date: Sep-2010
Editora: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Resumo: O planeamento urbano dispõe de uma série de técnicas que licenciam a ambição de poder moldar o ambiente. Tais técnicas não se revelaram até à data suficientes para dirimir os problemas sociais que se manifestam no urbano, e nenhum consenso se gerou no que toca ao papel do urbanismo para a resolução destes. Divergências teleológicas explicam a dissensão. O fim aqui proposto para o planeamento urbano é a democracia. Esta dissertação pretende lançar as bases da democracia urbana como disciplina de reunião entre ciência política e planeamento urbano. A democracia urbana constitui simultaneamente a defesa de uma ideia local de democracia, e uma expressão espacial de princípios democráticos. Argumenta-se que a construção de uma cidade não é uma questão meramente técnica, mas política, e assim deve ser o planeamento urbano. Para estruturar este argumento, desenvolveu-se a ideia de uma cidade democrática. Argumenta-se ainda que a teoria democrática é um discurso sobre a sociedade onde esta não é concebida espacialmente. Estabelecer uma articulação da democracia no espaço é uma tarefa necessária para suprir esta visão a-espacial. Definir a natureza e uso da ideia de democracia, ao invés de definir a própria democracia, permite isolar os elementos necessários para a construção teórica de uma democracia para o espaço. A definição de cidade apresentada é dinâmica e dá-se em duas dimensões designadas contrato e cenário. O contrato exprime o binómio cidadania/território enquanto expectativas de comportamento circunscritas a um lugar específico. A cidadania manifesta-se no cenário, aqui apresentado como um complexo de práticas espaciais. O tipo de urbanismo adequado a uma cidade democrática é objecto de inquérito em duas linhas gerais de argumentação, a do urbanismo democrático e a do urbanismo democratizante.
Descrição: Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Ciência Política e Relações Internacionais/ Estudos Políticos
URI: http://hdl.handle.net/10362/5682
Appears in Collections:FCSH: DEP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Cidades Democráticas – Lugares diferidos.pdf804,11 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia