DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) >
FCSH Departamentos >
FCSH: Departamento de Geografia e Planeamento Regional >
FCSH: DGPR - Teses de Doutoramento >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/5607

Título: A geografia da sociedade da informação em Portugal
Autor: Ferreira, Jorge
Orientador: Tenedório, José António
Salvador, Regina
Palavras-chave: Geografia
Sociedade da informação
Disseminação do conhecimento
Tecnologias de informação geográfica
Issue Date: Dec-2004
Editora: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Resumo: A geografia da sociedade da informação constitui-se como o elemento central desta tese. Apelando aos conceitos de Tecnologia, Rede, Informação e Conhecimento, defende a existência de uma evolução que parte do paradigma tecnológico para chegar a um paradigma sócio-info-tecnológico. As opções políticas no que concerne à Sociedade da Informação acompanham o contexto Europeu, onde os governos centrais continuam a desempenhar o papel principal, quer através do sector da educação, quer através dos vários organismos ligados à Administração. A globalização e a nova economia desempenham também uma enorme influência no cenário mundial.. Este trabalho analisa, através de um considerável número de indicadores, os esforços feitos para ultrapassar a falta de qualificação humana, os insuficientes níveis de inovação, a fraca dinâmica do sector industrial, dos mercados e dos serviços. Os objectivos principais são: i) uma reflexão teórica acerca da importância do espaço Internet e de um grupo de tecnologias de informação para o desenvolvimento da Sociedade da Informação e do Conhecimento; ii) a emergência de uma geografia da Internet, de uma (renovada) geografia das telecomunicações/das redes, de uma geografia da inovação e de uma geografia virtual, baseada no espaço virtual; (iii) a análise de cinco dimensões: Qualificação Humana, Meios de Inovação, Qualidade de Vida, Dinâmica da População e Disseminação Digital da Informação em Portugal Continental; (iv) a criação de um indicador para calcular o Potencial de Disseminação da Informação (IPDI) para duas escalas de análise que, representam também, duas unidades estatísticas (NUTs de nível III e municípios); (v) a identificação de regiões info-excluídas e uma reflexão acerca das suas consequências sobre o desenvolvimento de uma Sociedade da Informação e do Conhecimento. Esta tese representa uma nova abordagem à geografia do território: “A Geografia da Sociedade da Informação”, neste caso particular, aplicada a Portugal. Esta geografia mostra, por oposição aos territórios elásticos (os mais desenvolvidos), a persistência dos territórios rígidos (menos desenvolvidos) que, surgem como barreiras à disseminação da informação. A identificação de territórios com diferentes níveis de disseminação de informação permite a criação de hipóteses e de acções políticas, cujo objectivo é o fim das assimetrias territoriais.
Descrição: Dissertação de Doutoramento no ramo de Geografia e Planeamento Regional, especialidade de Novas Tecnologias em Geografia,
URI: http://hdl.handle.net/10362/5607
Appears in Collections:FCSH: DGPR - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Doutoramento_Jorge_Ferreira.pdf20,99 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia