DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) >
FCSH Departamentos >
FCSH: Departamento de História da Arte >
FCSH: DHA - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/5538

Título: A arte fora da história. Exposições da colecção do museu do Chiado 1994-2009
Autor: Guerreiro, Marta Branco
Orientador: Silva, Raquel Henriques da
Palavras-chave: Museu do Chiado
Museus de arte contemporânea
Exposições históricas
Curadoria
Arte portuguesa contemporânea
Programação
Issue Date: Feb-2010
Editora: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Resumo: Os museus de arte contemporânea apresentam-se actualmente como instituições centrais, não só no pensamento e legitimação da arte dos nossos dias, mas também na reflexão sobre o modo de ver a arte e a forma como a história da arte parece necessitar de novos instrumentos para alargar as leituras e cruzamentos entre as produções artísticas de diversas épocas. Perante novos modos de expor, que passaram a deixar de lado a unilinearidade, a cronologia, ou mesmo a divisão estilística, o museu posicionou-se na linha da frente juntamente com teóricos da história da arte que pretendem revolucionar a mesma, como é o caso de Didi-Huberman, Hans Belting ou Norman Bryson. Partindo destas problemáticas, analisaremos neste trabalho o Museu do Chiado – Museu Nacional de Arte Contemporânea, incidindo principalmente nos últimos 15 anos, em que esteve sob a direcção de Pedro Lapa. Perante a falta de espaço do museu, que dificulta a existência de várias mostras em simultâneo, o equilíbrio entre a exposição permanente da colecção e as exposições temporárias foi-se quebrando, levando a que a primeira deixasse mesmo de estar patente ao público, passando a dar lugar a mostras temporárias de artistas e movimentos internacionais ou portugueses que ocupavam todo o espaço do museu. A colecção passou assim a estar apenas temporariamente acessível e as exposições que a mostravam começaram a obedecer a uma lógica ahistórica, onde diversos conceitos davam origem a núcleos em que se confrontavam obras de diversas décadas. A presente dissertação pretende analisar algumas destas exposições, percebendo de que forma se cruzam com a história da arte e como criam novas leituras para as obras.
Descrição: Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Museologia
URI: http://hdl.handle.net/10362/5538
Appears in Collections:FCSH: DHA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
martaguerreiro.pdf8,34 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE