DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) >
FCSH Departamentos >
FCSH: Departamento de Ciências da Educação >
FCSH: DCE - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/5484

Title: O aluno na relação escola/família : perspectivas de directores de turmas do 3º ciclo do ensino básico
Authors: Marques, Paula Alexandra Gomes Pires
Advisor: Santos, Rui
Keywords: Relação escola/família
Distância escola/família
Poder do aluno na relação escola/família
Issue Date: Sep-2010
Publisher: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Abstract: O presente trabalho de investigação incide sobre o papel do aluno na relação escola/família e sobre o seu poder nesta relação. Ainda que a escola e a família sejam as detentoras de poder institucional na relação que estabelecem entre si, também o aluno possui poder nesta relação, que deriva da sua posição entre a escola e a família que gera oportunidades de influenciar a comunicação. Embora a relação escola/família mereça o interesse de muitos investigadores e o papel do aluno seja referido em alguns trabalhos, raramente é, em si mesmo, o objecto de estudo. Assim, dada a escassez de conhecimento sistematizado, apresentamos um trabalho de carácter exploratório e descritivo, que justifica uma metodologia qualitativa, centrada na análise de conteúdo de entrevistas semi-estruturadas a directores de turma, do terceiro ciclo, de uma escola básica do concelho de Oeiras. Os resultados da investigação salientam a importância do aluno, no seu papel de mediador na comunicação entre o director de turma e o encarregado de educação, em consequência do afastamento físico e cultural entre as famílias e a escola e dos mecanismos de circulação da informação entre os dois grupos de adultos. O conhecimento que os directores de turma possuem das famílias tem como fonte principal o aluno, sendo este também responsável por grande parte do conhecimento que os encarregados de educação possuem da escola. Surgiram ainda vários indicadores do afastamento entre a escola e a família. O estudo levanta outras questões pertinentes para futuras investigações: conhecer as perspectivas dos encarregados de educação e dos alunos sobre as questões agora colocadas aos directores de turma; observar o comportamento da variável distância escola/família e identificar outros possíveis factores que a influenciem em contextos social e culturalmente diferentes daquele que caracteriza a escola onde decorreu a pesquisa, nomeadamente em que a população parental possua escolaridade mais elevada e bom domínio da língua portuguesa.
Description: Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10362/5484
Appears in Collections:FCSH: DCE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
dissertação.pdfdissertação650.93 kBAdobe PDFView/Open
anexos.pdfanexos6.31 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE