DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) >
FCSH Departamentos >
FCSH: Departamento de Geografia e Planeamento Regional >
FCSH: DGPR - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/5475

Title: Plano Director Municipal de Oeiras – Avaliação dos Programas Estratégicos e seus Impactes Territoriais
Authors: Oliveira, Miguel Delgado Gomes de
Advisor: Pereira, Margarida
Keywords: Planeamento Municipal
Monitorização e Gestão do Plano
Desenvolvimento Sustentável
Plano Director Municipal de Oeiras
Programas Estratégicos
Impactes Territoriais
Issue Date: Sep-2010
Publisher: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Abstract: Oeiras é um concelho da Área Metropolitana de Lisboa, contíguo à cidade de Lisboa, de pequena dimensão mas com uma elevada densidade populacional, usufruindo de uma situação excepcional junto à costa. Até ao inicio da década de 90, era um concelho territorialmente desqualificado, caracterizado por graves carências e deficiências em termos de infra-estruturas, equipamentos e qualidade do ambiente urbano. Esta situação devia-se, principalmente, à incapacidade da gestão municipal em dar resposta a um grande crescimento populacional, ocorrido sobretudo nas décadas de 60 e 70. Neste contexto, a ratificação do Plano Director Municipal de Oeiras, em 1994 e com um horizonte de 10 anos, estabeleceu como objectivos fundamentais uma maior qualificação dos seus núcleos urbanos (destacando-se as infra-estruturas e habitação social), bem como um reforço da economia concelhia, metas concretizáveis através de uma aposta na atracção de empresas, organismos e mão-de-obra ligados fundamentalmente a funções superiores (i.e. terciário, ciência e ensino). Para isso recorreu a uma componente estratégica inovadora no contexto dos PDM de primeira geração, através da implementação de sete Programas Estratégicos: Parque de Ciência e Tecnologia, Centro de Lagoas, Quinta da Fonte, Norte de Oeiras, Parque Urbano da Serra de Carnaxide, Parque de Santa Cruz e Alto da Boa Viagem. Estes eram definidos pela sua área, usos propostos e índice de utilização máximo, abrangendo aproximadamente 700 hectares, cerca de 15% da área do concelho.
Description: Dissertação de Mestrado em Gestão do Território na Área de Planeamento e Ordenamento do Território
URI: http://hdl.handle.net/10362/5475
Appears in Collections:FCSH: DGPR - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese_Miguel_Final.pdf5.36 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE