DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) >
FCSH Departamentos >
FCSH: Departamento de Filosofia >
FCSH: DF - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/5306

Título: Do monopartidarismo à transição democrática em Angola
Autor: Chimanda, Pedro Fernandes
Orientador: Matos, João Celestino de
Issue Date: Apr-2010
Editora: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universiadade Nova de Lisboa
Resumo: A nossa dissertação analisa o tema do monopartidarismo e a transição democrática em Angola numa perspectiva africana. Parte de uma abordagem de análise sobre os movimentos nacionalistas que despertou o debate da luta ao regime colonial e, consequentemente, a luta pela libertação dos povos de África e, em particular, de Angola. A abordagem desenvolve o estudo das mutações que ocorreram do ponto de vista da questão política da construção de estados no contexto africano, que prosseguiu com o dealbar da segunda metade do século XIX e da primeira metade do XX. A análise crítica incidiu sobre as principais abordagens da questão levantada. Contextualiza as influências externas cruciais na formação e no emergir dos estados africanos em particular de Angola e dos respectivos regimes políticos pós-coloniais. O problema da conflitualidade interna dos movimentos independentistas alimentada por forças externas, é aqui tratada com detalhe para melhor compreender o modo como muitos estados africanos saídos da descolonização embocaram em guerras civis na disputa do poder, face a uma descolonização tão acelerada e desastrosa. A questão da intervenção externa das superpotências e o seu envolvimento, que fizeram de África um campo de “ensaio” e de “batalha”, que por detrás da “cortina” apoiaram e influenciaram os líderes políticos na estratégia de espalhar quer a ideologia comunista - leninista quer a ideologia capitalista. O contexto da Guerra-Fria, constitui um período fértil para esta problemática e é objecto de análise sistémica para a identificação do problema, face às ambiguidades e paradoxos, da divisão ideológica que impôs às novas soberanias africanas.
Descrição: Tese de Mestrado em Filosofia Política
URI: http://hdl.handle.net/10362/5306
Appears in Collections:FCSH: DF - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Do Monopartidarismo à Transição Democrática em Angola.pdf1,4 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia