DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Ciências da Vida >
FCT: DCV - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/5264

Título: Novas linhas celulares humanas para produção de adenovírus com aplicação em terapia génica
Autor: Simão, Daniel Filipe Mestre
Orientador: Alves, Paula
Cruz, Pedro
Ludovice, Ana
Issue Date: 2010
Editora: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Resumo: A terapia génica é uma área em grande desenvolvimento nos últimos anos. Prova disso é o número crescente de ensaios clínicos aprovados nesta área, sendo os vectores adenovirais recombinantes (rAdVs) os veículos de transferência génica mais utilizados. As células mais utilizadas para produção de rAdVs são as HEK293, no entanto, estas células podem comprometer seriamente a segurança do produto final, uma vez que pode ocorrer recombinação homóloga entre o genoma celular e o genoma viral, conduzindo à formação de rAdVs com capacidade replicativa (RCA). Neste trabalho analisou-se o potencial de duas novas linhas celulares, derivadas de amniócitos humanos, 1D9 e 1G3 para a produção de rAdVs. Estas linhas celulares foram desenvolvidas de modo a não existirem sequências de homologia entre o genoma celular e viral, impossibilitando a formação de RCAs. A sua capacidade de produção de rAdVs foi avaliada comparativamente à da linha celular HEK293, em sistema estático e agitado, sendo realizada a caracterização metabólica das células durante o crescimento celular e infecção. Os valores de pO2 e pH do meio de cultura foram monitorizados, em sistema agitado, com precisão e não invasivamente, permitindo identificar parâmetros críticos a ter em conta no aumento de escala. O efeito da concentração celular no momento da infecção (CCI) na produção de rAdVs foi avaliado em culturas agitadas. A utilização das células 1G3 permitiu a infecção a CCIs superiores, sem uma diminuição significativa na produtividade específica, obtendo-se produtividades volumétricas superiores às das células HEK293. Este trabalho permitiu identificar e definir factores importantes para a produção rAdVs utilizando células 1G3, em sistema agitado. Foram ainda realizados ensaios preliminares de transfecção transiente com sucesso nas células 1G3, o que poderá permitir a sua utilização para a manufacturação de outros bio-produtos para além dos rAdVs, aumentando a sua flexibilidade. Os resultados obtidos aqui constituem informação valiosa para o futuro desenvolvimento e optimização de um processo de produção em bioreactor de bio-produtos para terapia em humanos, utlizando células potencialmente mais seguras.
Descrição: Dissertação apresentada para a obtenção do Grau de Mestre em Genética Molecular e Biomedicina, pela Universidade Nova de Lisboa, Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10362/5264
Appears in Collections:FCT: DCV - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Simao_2010.pdf1,67 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE