DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente >
FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/4871

Título: Avaliação e comunicação da sustentabilidade no sector portuário: utilização de indicadores e relatórios de desempenho
Autor: Sousa, Inês Sant’Ana Carlos Petrucci
Orientador: Ramos, Tomás
Issue Date: 2010
Editora: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Resumo: A avaliação e a comunicação do desempenho da sustentabilidade das organizações é um assunto actual e emergente. São publicados milhares de relatórios ambientais e de sustentabilidade todos os anos, sendo que só em 2009 foram publicados cerca de 3 750 relatórios. O uso de directrizes e linhas orientadoras para a elaboração de relatórios de sustentabilidade é essencial, na medida em que facilita a realização dos mesmos e permite a prática de benchmarking. Tem-se verificado um aumento gradual na utilização das directrizes Global Reporting Initiative (GRI), como modelo de elaboração de relatórios de sustentabilidade. As directrizes GRI incorporam indicadores gerais de desempenho para todo o tipo de organizações e fornecem indicadores específicos para determinados sectores de actividade económica. Com este estudo pretende-se analisar o conteúdo e estrutura dos Relatórios de Sustentabilidade do Sector Portuário, utilizando como estudo de caso os relatórios produzidos pelas organizações portuguesas responsáveis por este sector – Administrações Portuárias. Constituiu ainda objecto desta investigação o desenvolvimento de um conjunto de indicadores de desempenho específicos para o sector portuário, de forma a poderem vir a constituir a base inicial de um guia de relato e comunicação da sustentabilidade do sector portuário. Da análise dos relatórios constatou-se que alguns parâmetros assumem particular importância no relato da sustentabilidade portuária, designadamente: na vertente económica, a movimentação de mercadorias e o comércio externo; na vertente ambiental, a qualidade da água e dos sedimentos na área de jurisdição das comunidades portuárias, a dragagem, os resíduos e substâncias perigosas, o ruído; na vertente social, a formação dos trabalhadores no âmbito da segurança e ambiente. As entidades portuárias estudadas revelam sinais positivos sobre a avaliação e comunicação da sustentabilidade, ainda que necessitem de consolidar e aprofundar várias áreas temáticas. Com base nestas áreas temáticas e na pesquisa de determinados aspectos ambientais, sociais e económicos significativos para o contexto do sector portuário, apresentou-se uma proposta de indicadores de desempenho específicos para este sector.
Descrição: Dissertação apresentada na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa para a obtenção do grau de Mestre em Engenharia do Ambiente, perfil Gestão e Sistemas Ambientais
URI: http://hdl.handle.net/10362/4871
Appears in Collections:FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Sousa_2010.pdf1,31 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE