DSpace UNL

RUN >
Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) >
FCT Departamentos >
FCT: Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente >
FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/4871

Title: Avaliação e comunicação da sustentabilidade no sector portuário: utilização de indicadores e relatórios de desempenho
Authors: Sousa, Inês Sant’Ana Carlos Petrucci
Advisor: Ramos, Tomás
Issue Date: 2010
Publisher: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Abstract: A avaliação e a comunicação do desempenho da sustentabilidade das organizações é um assunto actual e emergente. São publicados milhares de relatórios ambientais e de sustentabilidade todos os anos, sendo que só em 2009 foram publicados cerca de 3 750 relatórios. O uso de directrizes e linhas orientadoras para a elaboração de relatórios de sustentabilidade é essencial, na medida em que facilita a realização dos mesmos e permite a prática de benchmarking. Tem-se verificado um aumento gradual na utilização das directrizes Global Reporting Initiative (GRI), como modelo de elaboração de relatórios de sustentabilidade. As directrizes GRI incorporam indicadores gerais de desempenho para todo o tipo de organizações e fornecem indicadores específicos para determinados sectores de actividade económica. Com este estudo pretende-se analisar o conteúdo e estrutura dos Relatórios de Sustentabilidade do Sector Portuário, utilizando como estudo de caso os relatórios produzidos pelas organizações portuguesas responsáveis por este sector – Administrações Portuárias. Constituiu ainda objecto desta investigação o desenvolvimento de um conjunto de indicadores de desempenho específicos para o sector portuário, de forma a poderem vir a constituir a base inicial de um guia de relato e comunicação da sustentabilidade do sector portuário. Da análise dos relatórios constatou-se que alguns parâmetros assumem particular importância no relato da sustentabilidade portuária, designadamente: na vertente económica, a movimentação de mercadorias e o comércio externo; na vertente ambiental, a qualidade da água e dos sedimentos na área de jurisdição das comunidades portuárias, a dragagem, os resíduos e substâncias perigosas, o ruído; na vertente social, a formação dos trabalhadores no âmbito da segurança e ambiente. As entidades portuárias estudadas revelam sinais positivos sobre a avaliação e comunicação da sustentabilidade, ainda que necessitem de consolidar e aprofundar várias áreas temáticas. Com base nestas áreas temáticas e na pesquisa de determinados aspectos ambientais, sociais e económicos significativos para o contexto do sector portuário, apresentou-se uma proposta de indicadores de desempenho específicos para este sector.
Description: Dissertação apresentada na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa para a obtenção do grau de Mestre em Engenharia do Ambiente, perfil Gestão e Sistemas Ambientais
URI: http://hdl.handle.net/10362/4871
Appears in Collections:FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Sousa_2010.pdf1.31 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
View Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Universidade Nova de Lisboa  - Statistics  - Feedback
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE